quinta-feira, 6 de abril de 2017

De virada Cruzeiro vence na estréia: 2x1

Cruzeiro 2 x 1 Nacional-PAR - Mineirão - 1ª Fase - Jogo de Ida - Sul-Americana 2017

Thiago Neves marca o 1º e Ábila decreta a vitória com o 2º gol.
Apertado
Foi com o placar apertado que o Cruzeiro venceu na sua estréia pela Copa Sul-Americana 2017. Com a vitória o Cruzeiro leva vantagem no jogo de volta no Paraguai. O Cruzeiro novamente criou boas jogadas mas novamente também não soube aproveitar bem. A armação de jogadas esta bem claro isso, é um dos pontos fortes do Cruzeiro. Para ser um time bem mais forte precisa que o Mano identifique isso e busque uma solução para a má qualidade das nossas finalizações e arremates das jogadas criadas.

O jogo
O Cruzeiro, não podemos deixar de registrar, foi valente. Sofreu o gol logo aos 4 minutos do 1º tempo e não há mesmo nada no futebol pior que levar um gol no início do jogo. Depois de sofrer o gol o Cruzeiro aumentou seu ritmo em busca de um empate logo o que acabava deixando exposta sua defesa. Só aos 25 é que Thiago Neves empatou a peleja para o Cruzeiro. No 2º tempo a história se repetiu. O Cruzeiro buscando o jogo o tempo todo e o Nacional tentando se defender e achar um erro do Time Celeste para se aproveitar. Aos 21 minutos Ábila marcou o 2º do Cruzeiro e o gol que garantiu a vitória Celeste. Os dois clubes voltam a se enfrentar dia 10/05/17 ás 19h15  no Defensores Del Chaco.

Placar Magro
Como o próprio Wanchope disse não importa mais o placar do que a vitória. Se foi magro ou não a vitória é bem mais importante. E ele esta muito certo, a preocupação é apenas com jogos difíceis em que um placar destes pode ser derrubado com facilidade e ficarmos fora da competição. Mano precisa se ater a dificuldade que o Cruzeiro tem tido dentro da área nas finalizações.

FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO 2 X 1 NACIONAL
Local: Estádio Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Data: 04 de abril de 2017, quarta-feira
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Juan Soto (VEN)
Assistentes: Jorge Urrego (VEN) e Carlos López (VEN)
Gols: Jonathan Santana, aos 4 minutos do primeiro tempo (Nacional); Thiago Neves, aos 25 minutos do primeiro tempo, Ramon Ábila, aos 21 minutos do segundo tempo (Cruzeiro)
Cartões: Mayke, Hudson (Cruzeiro); Servin (Nacional)
CRUZEIRO – Rafael; Mayke, Manoel, Léo, Diogo Barbosa, Hudson, Ariel Cabral, Arrascaeta, Thiago Neves, Rafinha (Ábila), Rafael Sóbis (Elber).
Técnico: Mano Menezes.
NACIONAL – Gimenez; Dávalos, Servín, Jacquet, Rodrigo Rojo, Paniagua (Orzuza), Jonathan Santana, Arguello, Francisco García, Salgueiro (José Nuñez), Adam Bareiro (Villagra).
Técnico: Roberto Torres.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Vão pra lá, venham pra cá, naveguem pois:

Notícias do Maior de Minas - Site Oficial

Globo Esporte

Você no mapa:


Visitor Map