sexta-feira, 11 de julho de 2008

Com raça e muita vontade Cruzeiro só empata


Foi mesmo assim, com raça e vontade o Cruzeiro conseguiu um empate quando o quadro que se pintava na noite era de derrota e pior, com goleada.

Depois de um primeiro tempo quase que nulo o Cruzeiro conseguiu, somente à partir dos 20 minutos do segundo tempo, tentar alguma coisa no jogo.

Num belo gol, originado de um toque de Wagner na cobrança de uma falta, aos 23 minutos do 2º tempo, Charles meteu um balaço no angulo esquerdo de Fred, goleiro quadricolor, e abriu assim as chances para o empate que no entanto só veio pelo gol salvador de Jadílson aos 43 minutos.

O Cruzeiro jogou mal, nos dois tempos do jogo. Ramires, parecia totalmente desmotivado, talvez abalado pela não convocação para a Seleção Olímpica. Weldon mais uma vez inoperante.

Ontem o Cruzeiro deu a impressão de ter ido a Ipatinga somente "cumprir tabela".

5 comentários:

Robson Ribeiro disse...

FIQUEI UM POUCO DECEPCIONADO COM ESTE EMPATE CONTRA O IPATINGA, SEM DESMERECER O TIGRÃO DE AÇO. MAS UMA VITÓRIA CRUZEIRENSE SERIA MUITO IMPORTANTE PARA A CLASSIFICAÇÃO DO TIME CELESTE, POIS FICARIA A 2 PONTOS DO LIDER FLAMENGO. ESTE EMPATE, PODE SER CONSIDERADO UMA VITÓRIA. NO CLÁSSICO CONTRA O ATLÉTICO O CRUZEIRO TEM QUE JOGAR COM VONTADE E PREVALECER A RAÇA E VONTADE DE VENCER.

Robson Ribeiro

Daniel Reiner disse...

É meu caro, Carlão...com o Ramires jogando bem abaixo do que pode render, com a ausência do Guilherme e com o Wágner sobrecarregado e muito bem marcado, a qualidade técnica do time tende mesmo a cair bastante.

De qualquer forma, devido às circunstâncias e aos resultados dos principais concorrentes, é um resultado prá ser comemorado.

Agora é torcer pela vitória no clássico que, normalmente, costuma ditar o ritmo do time (vencedor ou perdedor) no decorrer do Campeonato.

Forte abraço!

pâm-saopaulinarp disse...

Carlão lê e passe para quem você gosta ou ame, perfeito!

Se o sucesso não tivesse um custo, todo mundo seria um sucesso. Se as conquistas não tivessem um custo, todos seríamos conquistadores. Se a felicidade não exigisse dedicação, ela perderia o sentido.
Temos a tendência de pensar em grandes conquistas levando em conta apenas o resultado final. Mas geralmente isso é só uma gota. A conquista mesmo está no fazer, no esforço, na dedicação, no custo exigido. Ter uma vida de sucessos não significa acumular troféus e prêmios, mas sim estar disposto a comprometer-se com o custo que esse sucesso exige.

Ser um sucesso exige esforço, dedicação, disciplina, foco, paixão, e muitas outras qualidades que não podem ser guardadas num armazém – mas que devem ser exercitadas em todos os momentos. No preço que você paga está no valor que você procura.

Te adoro Carlão!!

pâm-saopaulinarp disse...

Ops a respeito do jogo agora rs..
Eii não sei o que tá havendo com o Cruzeiro, no começo do ano todos temiam ao time "Azul", agora todos estão passando por cima com facilidade....precisa rever o que está havendo Carlão, um time que começa com tudo não pode cair de produção desse jeito. Empatou e quase perdeu o jogo, isso é de pensar e agir rapidamente!

Diego Louzada disse...

Parecia um jogo tranquilo, mas na raça o Cruzeiro apenas empatou.
Tava em São Januário e nem vi os gols que afastaram um pouco o time celeste da liderança.

Abração e sds cruzmaltinas!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Vão pra lá, venham pra cá, naveguem pois:

Notícias do Maior de Minas - Site Oficial

Globo Esporte

Você no mapa:


Visitor Map