domingo, 17 de fevereiro de 2019

Cruzeiro decepciona e não vence no estádio do América: 0x0

América 0 x 0 Cruzeiro - Est. do América/BH - 7ª rodada - Camp. Mineiro 2019

Estádio do América
No estádio do América o Cruzeiro tentou mas parou na retranca do Coelho e deixou escapar a liderança isolada do Campeonato. A chuva forte fez com que o jogo fosse adiado por mais de meia hora. A demora pelo início da partida deixou a torcida impaciente e talvez o torcedor tivesse mais lucro não indo ao estádio para ver um futebol pobre, um jogo truncado e sem emoções. O Cruzeiro até que tentou mais o gol, mas foi incapaz de furar a zaga do América que jogou recuado e foi ao contra ataque poucas vezes.

O jogo
O Cruzeiro tinha a obrigação de ganhar. Buscava a liderança isolada do campeonato mas não foi efetivo e não mostrou grande futebol, o que era de se esperar pelo orçamento dos dois times. O time do Horto foi valente mas ao mesmo tempo acovardou-se na defensiva. Como sempre dificultou muito a vida do Cruzeiro e como sempre também deve abrir suas perninhas para o franguinho seu inquilino. Isso deve significar que dificilmente o Cruzeiro terminará esta fase na liderança do Campeonato o que lhe daria a vantagem. O jogo foi mesmo ruim, nosso time comandava as ações mas não teve inspiração para chegar ao gol.

Sem destaques
O time foi muito apagado nesta tarde. Vão dizer que o campo estava pesado, sim estava. Vão dizer que a chuva atrapalhava o bom andamento da partida, sim atrapalhava. Vão dizer que a grama estava escorregadia, sim estava, mas temos que considerar a diferença técnica entre os dois times e isto é um dado irrefutável que deveria justificar um futebol bem mais competitivo, bem mais agressivo do Maior de Minas que agora não depende só de si mesmo para alcançar a primeira posição na tabela.
Avante Celeste!


FICHA TÉCNICA
AMÉRICA-MG 0 X 0 CRUZEIRO
Motivo: 7ª rodada do Campeonato Mineiro
Data: 17/02/2019 (domingo)
Local: Arena Independência, em Belo Horizonte-MG
Público presente: 6.620
Renda: R$ 563.000,00

Árbitro: Ronei Cândido Alves

América-MG: Fernando Leal; Leandro Silva, Diego Jussani, Paulão e João Paulo; Zé Ricardo, Juninho, Matheusinho (França) e Marcelo Toscano; Neto Berola (Felipe Azevedo) e Júnior Viçosa (Jonatas Belusso)
Técnico: Givanildo Oliveira
Cruzeiro: Fábio; Edilson, Léo, Dedé e Egídio; Henrique, Lucas Silva (Ariel Cabral), Robinho, Marquinhos Gabriel (Rafinha) e Rodriguinho; Raniel (Sassá)
Técnico: Mano Menezes
Cartões amarelos: Diego Jussani, Jonatas Belusso, Júnior Viçosa, Juninho e Zé Ricardo (América-MG); Ariel Cabral, Dedé, Egídio, Raniel e Rafinha (Cruzeiro)

domingo, 10 de fevereiro de 2019

Cruzeiro vence e segue na vice liderança: 3x0

Cruzeiro 3 x 0 Tupynambás - Mineirão - 6ª rodada - Camp. Mineiro 2019 
Fred, Rodriguinho (o 1º dele com a Camisa Celeste) e Rafinha fizeram a alegria da Torcida Azul.
Sem sustos
O Cruzeiro recebeu o Tupynambás em sua casa para a 6ª rodada do Camp. Mineiro 2019. A vitória começou a ser construída logo aos 15 m do 1º tempo. O jogo foi fácil e o Cruzeiro dominou inteiramente a partida. Fábio quase não viu a cor da bola. O time da Zona da Mata até que tentou se aplicar muito defensivamente e não abdicar de jogar. Fez um pouco de cada coisa mas não conseguiu evitar o placar dilatado dada a disparidade técnica entre as duas equipes.

O jogo
Aos 15 minutos em boa jogada de Marquinhos Gabriel fez boa jogada e encontrou Fred na área que mandou para as redes abrindo o placar. Já no finzinho do 1º tempo Rodriguinho faz ótima jogada no meio de campo. Lança Rafinha que avança pela esquerda e cruza para a área. A bola foi levemente desvida pelo zagueiro do Baeta e Fred não conseguiu chegar nela. Sobrou então pra Rodriguinho que já estava na pequena área para apenas escorar e marcar o 2º do Cruzeiro. O Time Azul dominava os 3 setores do campo, defesa, meio e ataque. O Tupynambás apesar de jogar direitinho não estava no mesmo nível técnico do Maior de Minas por isso sofria muito e não ameaçava o gol de Fábio. No 2ª tempo, aos 14, Rodriguinho lançou da esquerda e Rafinha só tocou para fazer o 3º e fechar o placar.


Destaques

Rodriguinho tanto pelo gol como também pela boa atuação passa a ser um problema para Mano Menezes já que tudo indica que ele poderá ser um dos titulares. Fred continua regulando. São 4 gols em 5 jogos. Vamos precisar muito do Fredão neste 2019. Rafinha continua jogando no bom nível em que atual em 2018. Idem para Egídio. Henrique dá mais consistência ao meio. Na defesa temos a melhor dupla de zaga do país e debaixo das traves o melhor goleiro. Marquinhos Gabriel continua numa crescente muito animadora.

FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO 3 X 0 TUPYNAMBÁS
Motivo: 6ª rodada do Campeonato Mineiro
Data: 10/02/2019 (domingo)
Local: Mineirão, em Belo Horizonte-MG
Árbitro: Gabriel Murta Barbosa Maciel-MG (CBF-CD)
Público: 11.021 pagantes / 14.176 presentes
Renda: R$ 166.735,00

Gols: Fred, aos 14 min., e Rodriguinho, aos 44 min. do 1º tempo; Rafinha, aos 15 min. do 2º tempo

Cruzeiro: Fábio; Edilson, Léo, Dedé e Egídio; Henrique, Lucas Romero, Rafinha (Renato Kayzer), Marquinhos Gabriel e Rodriguinho (Jadson); Fred (Raniel)
Técnico: Mano Menezes

Tupynambás: Renan; Gustavo Crecci, Adriano, Gregory e Lucas Hipólito; Marcel, Léo Salino, Leandro Salino e Geovani (Matheus Pimemnta); Igor Soares (Téssio) e Ademílson (Eraldo)
Técnico: Felipe Surian

Cartões amarelos: Léo Salino, Lucas Hipólito e Gregory (Tupynambás); Egídio (Cruzeiro)

domingo, 3 de fevereiro de 2019

Cruzeiro vence sem dificuldades no Alçapão do Bonfim: 3x0

Villa Nova 0 x 3 Cruzeiro - Est. Castor Cifuentes - 5ª rodada - Camp. Mineiro 2019
Fred marcou pela 3ª vez seguida e abriu o placar no Castor Cifuentes.
Sem dificuldades
Foi mesmo um jogo fácil para o Cruzeiro. Com a superioridade técnica do Maior de Minas Fábio não trabalhou no jogo desta tarde quente de domingo. O Cruzeiro ditou o ritmo do jogo e poderia ter aplicado uma goleada maior o que lhe seria útil para buscar o 1º lugar isolado na tabela. Por exemplo por "fominhagem" o atacante Raniel não fez o 4º do Cruzeiro quando chutou sem força ao invés de passar ao colega que entrava na área livre de marcação. De toda forma o Time Azul cumpriu sua obrigação com méritos vencendo e não correndo riscos na partida.

O jogo
O Cruzeiro começou com muita vontade. Com um time mesclado e sabedores de que ainda não temos um time titular todos se empenhavam bastante. Havia muito ímpeto mas poucas finalizações. O time adversário se fechava na defesa e criava muitas dificuldades para o nosso ataque. Porém com bom lançamento de Orejuela, Fred cabeceou e mandou no cantinho abrindo o placar aos 37 do 1º tempo. Passou um boi, passa a boiada. Aos 47 numa jogada de muita determinação fizemos o 2º gol. Fred viu que Lucas Romero adentrava na área passou a bola pra ele. Ele cruzou da linha de fundo para trás e achou Rafinha que fuzilou pro gol meio sem ângulo. O goleiro rebateu e Rodriguinho fuzilou de novo. Novamente o goleiro rebateu e a bola sobrou para o Rafinha que desta fez foi mais feliz.2x0.
No 2º tempo o Cruzeiro segurou um pouco o ritmo, pelo placar e também pelo forte calor e só aos 35 Raniel que acabar de entrar recebeu ótimo passe de Renato Kayzer e só tocou para fechar o placar.

Destaques 
Os jogadores que estrearam com a Camisa Azul neste jogo, exatamente como no último jogo foram bem. Mesmo Renato Kayzer que ficou pouco tempo em campo mostrou que poderá contribuir muito. Ele foi quem passou a bola para Raniel marcar o 3º, como dito acima. Dodô foi talvez o que tenha se sobressaído mais, mas, Rodriguinho também mostrou que poderá ser muito útil. A Diretoria Celeste parece ter trabalhado bem nas poucas contratações que fez. Perdemos poucos atletas e no geral parece que a Torcida Azul terá bons motivos para se alegrar neste 2019. Avante Celeste.

FICHA TÉCNICA:

VILLA NOVA 0 X 3 CRUZEIRO
Motivo: 5ª rodada do Campeonato Mineiro
Data: 03/02/2018 (domingo)
Local: Estádio Castor Cifuentes - Alçapão do Bonfim

Gols: Fred aos 37 e Rafinha aos 47 minutos do primeiro tempo. Raniel aos 35 minutos do segundo tempo.
Árbitro: Igor Júnio Benevenuto (CBF)

Cruzeiro: Fábio; Orejuela, Léo, Dedé e Dodô; Lucas Romero, Ariel Cabral, Marquinhos Gabriel e Rodriguinho (Thiago Neves), Rafinha (Renato Kayzer) e Fred (Raniel)
Técnico: Mano Menezes

Villa Nova: Georgemy, Renato Bruno, Rafael Vitor, Gabriel e Iury; Eurico, Denilson, Dinei e Cassiano (Luiz Fernando); Hiwry (Pinguim) e Higor (Joãozinho)
Técnico: Eugênio Souza

Cartões amarelos: Orejuela, (Cruzeiro), Hiwry, Pinguim, Iuri, Eurico (Villa Nova)





sábado, 2 de fevereiro de 2019

Mais um empate no Mineiro: 2x2

Boa 2 x 2 Cruzeiro - Est. Dilzon Melo - 4ª rodada - Camp. Mineiro 2019
Robinho fez belo gol de falta.
Tornando difícil
O Cruzeiro tem se esmerado em tornar as coisas mais difíceis. Pelo 2º jogo consecutivo temos um defensor expulso. Outro dia foi Dedé e no jogo com o Boa foi a vez de Murilo. O Cruzeiro jogava melhor e tinha todas as possibilidades de sair com uma vitória, mas quis em alguns momentos do jogo candenciar o ritmo e acabou surpreendido pelo time da casa.

O jogo
O Cruzeiro controlava o jogo e esteve por duas vezes na frente do placar mas, acabou facilitando as coisas para o time da casa cedendo duas vezes o empate. O 1º gol saiu de uma cobrança de falta feita  com categoria por Robinho aos 28 do 1º tempo. O Boa conseguiu empatar a peleja aos 9 minutos do 2º tempo. Aos 17 em boa jogada de Lucas Silva que achou Thiago Neves dentro da área. Este mandou de cabeça a Fred que matou a bola e fuzilou de esquerda para marcar o 2x1 para o Cruzeiro. O Cruzeiro então deu uma diminuida no rítmo e aos 30 o Boa empatou de novo. Após a expulsão de Murilo os times já satisfeitos com os resultado cozinharam o jogo.

Destaques
Marquinhos Gabriel estreou com o pé direito. O meio campista teve uma atuação muito animadora fazendo boas jogadas e auxiliando o comando de ataque. Fred marca pela 2ªvez consecutiva o que é uma ótima notícia para nós já que ano passado ele poucos gols fez. O Time Azul ainda esta sendo montado mas já podemos vislumbrar um time bastante competitivo. Avante Celeste!


FICHA TÉCNICA

BOA ESPORTE 2x2 CRUZEIRO

Motivo: 4ª rodada do Campeonato Mineiro
Data: 31/01/2019 (quinta-feira)
Local: Estádio Municipal Dilzon Melo, em Varginha-MG

Árbitro: Ronei Cândido Alves
BOA: Renan Rocha; Chiquinho Alagoano, Victor, Fernando e Tsunami; Gabriel Vieira (Edenilso), César Sampaio, Gindre, Kaio Cristian (Dênis); Gustavo e Jayme Juan (Lucas Gomes).
Técnico: Tuca Guimarães
Gols: Gustavo (9’ do 2ºT) e Gabriel Vieira (30’ do 2ºT)

Cruzeiro: Fábio; Edilson, Léo, Murilo e Egídio; Henrique, Lucas Silva, Robinho, Thiago Neves (Fabrício Bruno) e Marquinhos Gabriel (Sassá); Fred (Renato Kayzer).
Técnico: Mano Menezes
Gols: Robinho (28’ do 1ºT) e Fred (18’ do 2ºT)
Cartões amarelos: Gindré, Kaio Cristin, Jayme Juan (BOA); Robinho, Fred e Murilo (Cruzeiro)
Cartão vermelho: Murilo (Cruzeiro)

domingo, 27 de janeiro de 2019

Cruzeiro começa na frente mas cede empate: 1x1

Cruzeiro 1 x 1 At. Mineiro (MG) - Mineirão = Toca III - 3ª rodada - Camp. Mineiro 2019

Fred marcou o gol do Cruzeiro.
Foi melhor
Quem viu o jogo sabe que o Cruzeiro predominou como o melhor time em campo durante quase toda a partida. O time das franguinhas jogava fechado, como time pequeno que é ao enfrentar um gigante. Não tinha como penetrar o sistema defensivo dos galináceos o que dificultava demais para que as jogadas fossem concluidas com chutes a gol. Numa investida de Edilson pela direita o Cruzeiro chegou lá. Thiago Neves desviou de cabeça e o goleiro das frangas rebateu, Léo mandou para as redes mas o Juiz viu falta e anulou o gol. Ainda tivemos uma bola na trave em bela jogada de Rafinha.

O jogo
Com dificuldades para entrar na área galinácea, o jogo ficou embolado entre a defesa e o meio campo, dentro dos domínios do time de Vespasiano. O Cruzeiro tentava pela esquerda e pela direita mas a defesa estava atenta e tirava todas as bolas. Aos 12 minutos do 2º tempo Fred ia ficar cara a cara com o goleiro mas sofreu pênalti. Cobrou e marcou. Depois num lance de má sorte, Dedé não conseguiu acertar o tempo da bola e derrubou uma das 11 frangas em campo. Pênalti marcado e expulsão de Dedé... Excessiva a postura do Juiz. Isso foi só aos 37 do 2º tempo. Depois da expulsão o Cruzeiro jogou com mais cautela e a galinhada não conseguiu com um a mais se impor. O jogo ficou morno até que houve outra expulsão, desta vez de um galináceo. Isso já nos acréscimos quando todos, devido também ao calor já pensavam somente no término da partida.

Destaques
O Cruzeiro jogou bem, foi superior em campo. Rafinha fazia ótima partida mas parecia cansado quando Mano o trocou por Jadson. Idem com Thiago Neves. A entrada de Raniel não surtiu muito efeito pois foi bem tardia. Dedé foi infeliz e acabou prejudicando o time numa jogada em que acabou cometendo o pênalti que nos tirou a vitória. Faz parte. Avante Celeste.

CRUZEIRO 1 X 1 ATL. MINEIRO-MG

Motivo: 3ª rodada do Campeonato Mineiro 
Data: 27/01/2019 (domingo) 
Local: Mineirão, em Belo Horizonte-MG 
Público presente: 43.354 
Público pagante: 39.088 
Renda: R$ 834.717,00 

Gols: Fred (Cruzeiro), aos 12 minutos do segundo tempo e Fábio Santos (At. Mineiro-MG), aos 37 minutos do segundo tempo. 

Árbitro: Wanderson Alves de Souza (substituído por Ronei Cândido Alves) 

Cruzeiro: Fábio; Edilson, Léo, Dedé e Egídio; Henrique, Lucas Silva, Rafinha (Jadson), Thiago Neves (Raniel) e Robinho; Fred (Murilo) 
Técnico: Mano Menezes 

Atl.Mineiro-MG: Victor; Patric, Maidana, Igor Rabello e Fábio Santos; Adilson, Elias, Cazares e Chará (Teerans); Luan e Ricardo Oliveira (Jair) 
Técnico: Levir Culpi 

Cartões amarelos: Léo, Edilson e Dedé (Cruzeiro); Elias, Luan, Igor Rabello, Patric, Fábio Santos e Adilson (Atl.Mineiro-MG) 

Cartões vermelhos: Dedé (Cruzeiro) e Adilson (Atl.Mineiro-MG)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Vão pra lá, venham pra cá, naveguem pois:

Você no mapa:


Visitor Map