domingo, 2 de dezembro de 2018

Cruzeiro se despede com empate na Bahia: 0x0

Bahia 0 x 0 Cruzeiro - Pituaçu - Salvador - 38ª rodada - Brasileirão 2018
Com time reserva mesclado com jogadores da base Cruzeiro fecha temporada com empate.
Cumprindo tabela 
De lado a lado o jogo foi mesmo apenas para cumprir tabela. Felizmente para Bahia e Cruzeiro este jogo não representaria absolutamente nada. O que tinham de fazer já estava consolidado a esta altura pelas duas equipes. De certa forma, devido pelo lado do Cruzeiro a entrada de garotos da base, e pelo lado do Bahia estar jogando junto com sua torcida, o jogo teve até bons momentos. Não faltou vontade pelo menos, mas, pelo lado azul faltou entrosamento principalmente. O jogo foi melhor na 1ª etapa e caiu bastante após o intervalo. Nada que tenha diminuído a satisfação da torcida bahiana pelo bom desempenho do time no Brasileirão e Cruzeirense pelos dois títulos conquistados na temporada.

O jogo
Com um time totalmente reserva e/ou mesclado com jogadores da base o Cruzeiro até que deu canseira ao Bahia. Teve boa posse de bola e praticamente não teve que se esforçar tanto para conter os ataques do time da casa que foram bastante inofensivos. Sassá foi um dos destaques do jogo com boas jogadas. Chegou a meter uma bola na trave. O Cruzeiro dominava o meio campo mas a passagem para o ataque deixava a desejar. A marcação bahiana era forte e organizada. Os dois times não se arriscaram muito e colheram um placar justo para o jogo. Melhor para o Cruzeiro que fora de casa ainda amelhou um pontinho.

Balanço final
Com mais um pontinho somado o Cruzeiro termina o campeonato na 8ª posição (dizíamos que ficaria facilmente entre os 10 primeiros) com 53 pontos e um aproveitamento de apenas 46%. Pouco mas totalmente justificável pela temporada onde disputamos 3 grandes competições ao mesmo tempo. Pelas estatísticas dos jogos do Brasileirão  (clique aqui para ver) se destacam Arrascaeta pelos dribles e finalizações corretas, Egídio pelos passes e desarmes, Robinho pelos cruzamentos e Fábio pelos lançamentos corretos. Como percebemos a cobrança que muitos fazem a Egídio (quase 10% de todos os passes certos do Cruzeiro sairam dos pés de Egídio) são injustas tendo por base seus acertos em campo.


FICHA TÉCNICA
BAHIA 0 X 0 CRUZEIRO
Local: Estádio de Pituaçu, Bahia
Data: 02 de dezembro de 2018
Horário: 17h (horário de Brasília)
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (RJ)
Assistentes: Luiz Claudio Regazone (RJ) e Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ)
Cartões: Manoel (Cruzeiro); Elton (Bahia)
BAHIA: Anderson; Flávio, Douglas Grolli, Lucas Fonseca, Léo, Nilton, Elton, Ramires, Zé Rafael, Edigar Junio, Gilberto Técnico: Enderson Moreira
CRUZEIRO: Rafael; Ezequiel, Manoel, Cacá e Patrick Brey; Lucas Romero, Lucas Silva e Ederson; David, Raniel e Sassá
Técnico: Sidnei Lobo

domingo, 25 de novembro de 2018

Cruzeiro perde no Mineirão: 2x0

Cruzeiro 0 x 2 Flamengo - Toca III - 37ª rodada - Brasileirão 2018

Sem forças
Ao enfrentar um time um pouquinho mais forte o Cruzeiro não surpreendeu, entregou a rapadura e deu ao Flamengo a vitória que lhe assegurou a 2ª posição no campeonato. O Maior de Minas não se empenhou em vencer o adversário o tanto que deveria e de acordo com sua conduta nos últimos jogos a derrota foi óbviamente o resultado mais justo e esperado. Na 1ª etapa até que o Cruzeiro ainda deu algum trabalho para os Cariocas, mas mesmo assim a lei do ex falou mais alto e já aos 7 minutos Everton Ribeiro abriu o placar. O time tentou mas esbarrou na falta de criatividade ofensiva. Logo aos 6 da etapa final Everton Ribeiro jogou novamente um balde de água fria nas pretensões Celestes e fechou o placar nos 2x0.

O jogo
O Cruzeiro criou algumas jogadas mas não tinha a efetividade e a objetividade do time carioca que ainda tinha um objetivo na competição. No 2º tempo já com o jogo resolvido o Flamengo se dedicou mais a marcação e deu espaço para que o Cruzeiro tentasse algo, mas foi em vão. As jogadas ofensivas eram todas desarmadas pela defesa rubro-negra ou eram mal finalizadas. Nada de gol para o time da casa. O Cruzeiro foi mais uma vez desfocado e não havia determinação para vencer o jogo, mais uma partida apenas para cumprir tabela.

Sem Destaques
Fred foi bastante ativo. Robinho idem. No meio o time tinha pouca pegada, não lutava com tanta objetividade como antes, era apenas um arrozinho com feijão. O jogo inteiro foi nesta toada. Quando as coisas davam certo a jogada progredia parecia que os nossos guerreiros se animavam e se empenhavam mas aí vinha a defesa ou a finalização mal feita e tudo mais uma vez desmoronava. Esta toada foi o jogo inteiro. 


FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO-MG 0 X 2 FLAMENGO-RJ
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 25 de novembro de 2018 (Domingo)
Horário: 17h(de Brasília)
Árbitro: Jean Pierre Goncalves Lima (RS)
Assistentes: Leirson Peng Martins (RS) e Lucio Beiersdorf Flor (RS)
Renda: R$ 343.624,00
Público: 20.527 pagantes
Cartões amarelos: Ariel Cabral, De Arrascaeta, Robinho, Fred, Dedé, Edílson e Lucas Romero (Cruzeiro); Uribe, Cuéllar e Renê (Flamengo)
GOLS
FLAMENGO: Éverton Ribeiro, aos 7 minutos do primeiro tempo e 6 minutos do segundo tempo
CRUZEIRO: Fábio, Edílson, Dedé, Leo (Manoel) e Egídio; Lucas Romero, Ariel Cabral (Sassá), Robinho, De Arrascaeta e Thiago Neves (David); Fred
Técnico: Sidnei Lobo
FLAMENGO: César, Pará, Léo Duarte, Rhodolfo e Renê; Gustavo Cuéllar, Willian Arão, Diego, Vitinho (Berrío) e Everton Ribeiro (Romulo); Fernando Uribe (Lucas Paquetá)
Técnico: Dorival Júnior

quinta-feira, 22 de novembro de 2018

Cruzeiro vence Vitória, Fred faz 2: 3x0

Cruzeiro 3 x 0 Vitória - 36ª rodada - Brasileirão 2018 
Fred tirou a barriga da miséria, 2 gols.
Foi mal
Não dá pra ter um pouco de um sentimento de dor por ver um time do nordeste ser goleado pelo Cruzeiro no Mineirão. Os times nordestinos sobretudo sofrem muito com a falta de influência na mídia e na CBF. Não tem nenhum brilho se depender destes. Por isso vitórias sobre eles, sempre são um pouco entristecedoras, sobretudo goleadas, ainda mais quando estes times estão em situação ruim na tabela. Mas, faz parte do futebol... poderíamos acredito trocar facilmente esta vitória por um empate se vencêssemos o S.Paulo no Morumbi, aliás até uma derrota para o Vitória eu trocaria por uma vitória contra os bambis por exemplo.

O jogo
O Cruzeiro não teve de se esforçar muito para detonar o Vitória. O time baiano mesmo começou seu martírio com um gol contra de Aderllan aos 42 minutos do 1º tempo. Apesar das ofensivas Celestes o Vitória quase termina a etapa incial com o placar inalterado. Falta de sort de Aderllan. Com time bem mudado o Cruzeiro dominou a partida e foi ainda mais soberano no 2º tempo. Aos 9 minutos Fred aumentou o placar e aos 26 deu números finais a partida. O Vitória não teve muito ânimo para tentar mudar o rumo da partida, com certeza sentiram que a limitação era grande e o esforço por maior que fosse com certeza seria em vão. Ficou nisso, então.

Noite de FRED
Foi uma noite do artilheiro Fred tirar a barriga da miséria. Dois gols. O artilheiro conseguiu marcar dois gols numa mesma partida, coisa que ainda não tinha conseguido nesta fase no Cruzeiro. Aliás, mesmo que tenha feito boas partidas nem gols estava fazendo. Com liberdade e com faro de gol, aproveitou na noite desta quarta as falhas da defesa nordestina e não teve dó. Foi um dos melhores em campo. 


FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO 3 X 0 VITÓRIA

Local: Estádio Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Data: 21 de novembro de 2018, Quarta-feira
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho (SP)
Assistentes: Daniel Luis Marques (SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP)

Gols: Aderllan, contra, aos 42 do primeiro tempo, Fred, aos 9 e aos 26 minutos do segundo tempo (Cruzeiro)
Cartões: Aderllan (Vitória)

CRUZEIRO – Rafael, Ezequiel, Manoel, Léo, Patrick, Lucas Romero, Lucas Silva, Rafinha, Robinho (Ederson), David (Raniel), Fred.
Técnico: Sidnei Lobo

VITÓRIA: João Gabriel; Rodrigo Andrande (Lucas), Aderllan, Lucas Ribeiro, Marcelo Benitez, Willian Farias, Fillipe Soutto (Neilton), Rhayner, Yago, Erick (André Lima), Léo Ceará.
Técnico: João Burse

segunda-feira, 19 de novembro de 2018

Cruzeiro joga mais, mas perde: 1x0

São Paulo 1 x 0 Cruzeiro - Morumbi - 35ª rodada - Brasileirão 2018
De novo
E mais uma vez enfrentamos os bambis e perdemos. O Time Azul lutou, teve mais criatividade e até mereceu pelo menos um empate, mas mais uma vez acabou ajudando o time paulista a ganhar mais 3 pontos. Com um futebol bem medíocre o SPFW não conseguiu fazer muito em campo, apenas o suficiente para vencer a partida em seus domínios sendo que ao contrário do Cruzeiro ainda tem aspirações importantes na competição. Sem motivação o Cruzeiro até que tentou reverter o placar ou pelo menos buscar o empate, porém sem sucesso.

O jogo
O Cruzeiro começou melhor e deu canseira a defesa paulista. Não conseguiu no entanto marcar o gol, e como diz o velho deitado, quem não faz leva. Aos 30 numa falha de Manoel Diego Souza, recebeu a bola livre na pequena área e finalizou marcando o único gol da partida. No 2º tempo o jogo seguiu no mesmo ritmo bastante equilibrado. Os dois times tiveram chances boas de marcar mas por erros de finalização o placar não mudou. Até que como disse Egídio o Cruzeiro teria merecido o empate.

Tabela
O Cruzeiro segue sua saga até o fim do campeonato apenas querendo cumprir tabela. Não deverá conseguir melhorar muito de colocação até o fim do campeonato, se é que vai melhorar. Dá para prever apenas que deverá ficar entre os 10 primeiros. Como dissemos anteriormente noutros posts, esses jogos finais deveriam servir é para ir definindo quem fica e quem vai sair do time. A temporada para nós esta encerrada e os jogos seriam interessantes apenas para observações e avaliações mesmo.


FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 1 X 0 CRUZEIRO
Local: estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 18 de novembro de 2018, domingo
Horário: 19h (de Brasília)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC)
Assistentes: Henrique Neu Ribeiro (SC) e Eder Alexandre (SC)
Gols: Diego Souza, aos 30 minutos do 1ºT (São Paulo)
Cartões amarelos: Robinho e Edilson (Cruzeiro); Reinaldo (São Paulo)
SÃO PAULO: Jean; Bruno Peres, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo (Edimar); Jucilei, Hudson (Araruna) e Shaylon (Brenner); Nenê, Everton e Diego Souza
Técnico: André Jardine
CRUZEIRO: Fábio; Edilson, Manoel, Léo e Egídio; Henrique, Ariel Cabral (Raniel), Robinho, Thiago Neves (Rafael Sóbis) e David; Barcos (Sassá)
Técnico: Mano Menezes

quinta-feira, 15 de novembro de 2018

Cruzeiro vence na Toca III: 1x0

Cruzeiro 1 x 0 Corinthians - Toca III - 34ª rodada - Brasileirão 2018 
1º gol de David com o Manto Celeste.
Sem dificuldade
O Cruzeiro jogou ontem a noite no Mineirão com o "Time da Mídia" e venceu a partida sem se esforçar muito. Perdeu muitos gols, poderia ter sapecado uma goleada histórica para humilhar a galinhada de S.Paulo e revoltar a tuma de CUmentaristas da tvzona. Foi uma partida onde o Cruzeiro teve amplo domínio e impôs sua estratégia de deixar o time adversário jogar e dar aquelas pontadas mortais. Não fosse a grande atuação do goleiro deles realmente teríamos uma sonora goleada. O time paulista não conseguia se impor, não conseguia criar e não tinha força para vencer nosso bloqueio defensivo.

O jogo
O Cruzeiro entrou em campo a fim de proporcionar um bom jogo a sua torcida. Foi logo mostrando sua força ofensiva com inúmeras e boas tramas que terminavam nas defesas do goleiro. Aos 13 minutos em mais uma boa jogada Fred recebe sobra de bola de uma dividida e passa a David que dá um toquinho encobrindo o goleiro. Primeiro gol do atacante com a Camisa Celeste. Depois do gol o Cruzeiro continuou dominando as ações e teve várias e boas chances para aumentar o placar. No 2º tempo a galinhada paulista veio com mais vontade e pressionados foram mais ofensivos mas aí esbarraram na competência do MELHOR GOLEIRO DO BRASIL FABI1. Não deu pra eles.

Destaques
Sem dúvidas o melhor em campo foi David. Seu melhor jogo com a Camisa Celeste. Lutou muito, foi muito ofensivo e não foi fominha também deu assistências. No meio a dupla de Lucas (Silva e Romero) deu conta do recado. Robinho foi muito bem também. Ezequiel e Egídio foram excelentes. No ataque Fred e David deram a tônica do jogo e na defesa além de Fábio, Manoel e Léo também foram muito bem. Mesmo sem muita motivação, o que explica não ter goleado, o Cruzeiro jogou bem e não deu chances a turma paulista. Era hilário ver tanta crítica, tanta preocupação com o time da mídia. Avante Celeste.


FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO 1 X 0 CORINTHIANS

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 14 de novembro de 2018, quarta-feira
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Jean Pierre Goncalves Lima (RS)
Assistentes: Leirson Peng Martins e Lucio Beiersdorf Flor (Ambos do RS)
Cartões amarelos: Douglas (2) (SCCP); Robinho, Fred (CRU)
Cartão vermelho: Douglas (SCCP)
Público: 15.520
Renda: R$ 128.669,00
GOL:
Cruzeiro: David, aos 13 minutos do 1T
CRUZEIRO: Fabio; Ezequiel, Manoel, Léo e Egídio; Lucas Romero e Lucas Silva; Robinho (Ariel), Mancuello (Patrick Brey) e David; Fred (Raniel)
Técnico: Sidnei Lobo
CORINTHIANS: Cássio, Fagner, Léo Santos, Henrique e Danilo Avelar; Ralf e Douglas; Romero, Jadson (Vital) e Pedrinho (Clayson); Danilo (Thaguinho).
Técnico: Jair Ventura
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Vão pra lá, venham pra cá, naveguem pois:

Você no mapa:


Visitor Map