segunda-feira, 21 de julho de 2008

Cruzeiro sofre derrota no sul e cai pra 3º lugar


Paraná, mais uma vez um desempenho regular.

Mais uma vez o Cruzeiro joga mal fora de casa e é derrotado. A retrospectiva do Cruzeiro fora de casa é realmente ruim, inversa a dos jogos no Mineirão.
Taticamente o time até que foi bem suportando a blitz do Grêmio e segurando o placar em 1x0, claro que contou para isso com a ótima atuação do goleiro Fábio e a sorte, quando Jonathan evitou um gol debaixo das traves. Outro fator que talvez tenha contribuído é a inabilidade dos atacantes gremistas.

Técnicamente o jogo foi sofrível, pelo menos do lado alvi-celeste. Thiago Heleno e Fábio foram os melhores em campo, seguidos daquele que poderia ser considerado o melhor jogador celeste na temporada, pelo menos no quesito REGULARIDADE: Marquinhos Paraná.

Charles foi mal, errou passes e não conseguiu superar a falta de entrosamento no meio-campo, onde Henrique mais uma vez foi uma nulidade, esse já deveria ter sido negociado. Gérson Magrão foi também nulo no 1º tempo, já na 2ª etapa quando parecia que começava a se entender com os companheiros foi sacado pra entrada de Jajá que mais uma vez, também não fez nada.

Jadílson também esteve muito mal, errou passes foi muito pouco ou quase não foi ao ataque e não deu apoio na cobertura defensiva, inclusive o gol saiu em jogada pelo seu setor. Guilherme anulado pela marcação, mais uma vez também teve participação insignificante, ele deveria ter sido sacado para a entrada de Jajá, ele ou Jonathas que, infelizmente é outro que já tendo tido algumas oportunidade não atendeu as expectativas em nenhuma delas.

Neste breve relato podemos perceber que quase todo o time jogou mal, mas não, teve jogador que realmente não deveria nem ter entrado em campo, é o caso do equatoriano Espinoza que atravessa uma fase péssima, neste jogo foi “apenas” mais um em campo, e o pior, jogou com “a camisa do tricolor gaúcho” dando passe para 2 gols perdidos pelo Grêmio. Lastimável.

O Cruzeiro contou com a sorte que seus principais rivais perderam seus jogos (Flamengo e Palmeiras) exceto o próprio Grêmio que agora trocou de posição com o Cruzeiro.


Espinoza, destaque negativo do jogo.

21 comentários:

Diego Louzada disse...

Cravei empate nesse jogo, mas acho que os desfalques pesaram pro Cruzeiro.
Wagner e Ramires fazem muita falta ao time.
Boa recuperação ai e sigam firme pra engolir o cavalo paraguaio.

Abraços!

pâm-saopaulinarp disse...

Oieeeeeeeeeeeeeee tudo bem??
Afff outra derrota..
tamos chegando heim Carlão
ahUHuhauhua
bjss

Bruno Gremista disse...

Fala Carlão, tudo bem? Sobre o Jadilson, uma coisa que eu reparei, e também confirmei com o PVC. Na bola lançada pelo Rafael Carioca, todo mundo estava marcando alguém, menos Jadilson, que deixou o Paulo Sérgio correr sozinho e fazer o gol. O que não me surpreende, um dos fatores que fez com que o Jadilson não jogasse bem no São Paulo, foi o fato do Muricy exigir uma postura de marcação dele, da qual ele não conseguia corresponder. Bem, o jogo poderia ser 3x0 ou mais, se não fosse mais uma grande partida do goleiro Fábio e a falta de pontaria de nossos atacantes, o que foi o único ponto-negativo do jogo para o Grêmio. De resto, o Grêmio foi inteligente, marcou a saída de bola e quando esteve com a vantagem, tocou e cozinhou o jogo, aproveitando-se também, de maneira perspicaz, as ausências do meio-campo cruzeirense. Saudações e até o segundo turno.

Rafael Amaral disse...

Não acho o mesmo que o nosso amigo gremista aí de cima.
No segundo tempo o Cruzeiro jogou muito mais, poderia ter feito os gols e ter saído vitorioso.
O Jadílson pode ter errado naquele lance mas ele um jogador que impõe garra o tempo todo em todos os jogos do Maior de Minas, sem falar na qualidade dele...
Concordo no que escreveu sobre a atuação do Fábio. Esse sim é indispensável.
O Cruzeiro poderia estar na liderança nesse momento. Vamos torcer para que time celeste vença o Goiás!!!

Abraços Carlão
Saudações celestes

Visitem o Blog Azul Cruzeiro:
http://blog-azul-cruzeiro.blogspot.com/

Leandrus disse...

Se o Cruzeiro não conseguir bons resultados em casa, vai perder terreno. Pelo menos a derrota foi uma "perdoável", já que o meio campo era praticamente reserva e o time do Grêmio tb está na luta pelas primeiras posições.

Bruno Gremista disse...

O Cruzeiro no segundo tempo, Rafael, melhorou porque soube lidar com a marcação. Ao invés de balões do primeiro tempo, o Cruzeiro investiu nos toques rápidos. O Cruzeiro teve a chance de empatar, principalmente com Gérson Magrão, numa bola que foi na trave. Mas o Grêmio teve mais chances com seus contra-ataques, com Perea, André Luís, Reinaldo, e só não foi feito o terceiro, porque o ataque gremista está devendo (por isso a busca por mais um atacante). Houve, os dois lances de William Magrão, no primeiro que ele apenas erra o passe para o Perea, que ficaria cara a cara com Fábio e o outro que o Fábio sai bem, mas Paulo Sérgio dá uma de cobertura e Jadilson (se eu não me engano) passa de vilão para herói tirando a bola em cima da linha. Acho que a diferença do primeiro para o segundo tempo é que com a vantagem em mãos, o Grêmio passou a contra-atacar mais.

Bruno Gremista disse...

"...e só não foi feito o terceiro..." - leia-se "...o segundo..."*

Carlão Azul disse...

O Grêmio teve um jogador a mais o tempo todo, isso vcs não disseram.
Espinoza jogou com a camisa do tricolor gaúcho.... hehehhehe

Carlão Azul disse...

Quem tirou a bola de cabeça encima da linha foi o Jonathan, lateral direito, Bruno.

Pato disse...

O Cruzeiro foi totalmente apático.

Não entendo o que está acontecendo com esse time.

Ora joga bem, ora joga mal..

Irregularidade é mato.

Outra coisa, há algo de podre aí. Nunca vi um time tão apático igual tem sido nesses últimos jogos

Rui Moura disse...

Carlão, vi o jogo ao vivo e fiquei espantado com a ineficácia do Cruzeiro. A jogar assim fora de casa duvido que possa ser candidato ao título...

Abraços esportivos.

Bruno Gremista disse...

Obrigado pela correção, Carlão. Olha, de fato, o Espinoza foi uma mãe para o nosso ataque, que não soube aproveitar as chances dada. Ele sempre joga assim?

Pâm SãoPauliNa-RP disse...

To passando pra te deixar um beijo =D

Carlão Azul disse...

Depois de um início bastante regular, o Espinoza tem feito algumas “pixotadas” sim, mas até aqui não eram tão grotescas quanto às que fez neste jogo contra o Grêmio, aliás dessa vez ele se deu mal, perdeu a titularidade absoluta que tinha, será substituído no próximo jogo e ficará talvez no banco de reservas.
Valeu Bruno, muito obrigado.

Vinicius Grissi disse...

Hora de levantar a cabeça e seguir em frente. O jogo de logo mais, contra o Goiás, além de muito difícil é muito importante. O time goiano vem crescendo na competição e a raposa precisa muito da vitória.

Ricky_cord disse...

Carlão o Boteco foi desactivado? Abraço

La Bestia Negra disse...

A derrota doi foda, o Cruzeiro parecia time pequeno, jogou bem atras, o Cruzeiro tem que atacar.


p.s: Estou de volta com o Blog La Bestia Negra.

robson ribeiro disse...

O CRUZEIRO SE QUISER SER CAMPEÃO BRASILEIRO, TEM QUE FAZER BONS JOGOS FORA DE CASA E FAZER RESULTADO FORA TAMBÉM, COMO VEM FAZENDO O TRICOLOR PAULISTA. O SÃO PAULO JOGA BEM TANTO DENTRO DE CASA COMO NA CASA DO ADVERSÁRIO E TAMBÉM É UM SERÍSSIMO CANDIDATO AO TÍTULO COM CERTEZA. PORTANTO CRUZEIRO VAMOS MOSTRAR MAIS FUTEBOL FORA DE CASA TAMBÉM..................

Alexandre Massi disse...

carlão,

o desempenho do cruzeiro ta caindo.
O adilson está começando a inventar. Contra o furacão, por exemplo, inventou d poupar jogadores...agora...fica revezando mto o ataque. Gosto do jajá e ele tem segurado o menino.

Filipe Araújo disse...

vitória hj contra o goiás.

Abrazo!

http://gambetas.blogspot.com

Carlão Azul disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Vão pra lá, venham pra cá, naveguem pois:

Notícias do Maior de Minas - Site Oficial

Globo Esporte

Você no mapa:


Visitor Map