quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Com arbitragem totalmente parcial Cruzeiro é derrotado: 2x0 Vélez

O Jogo, aliás a arbitragem
Não dá pra não falar em arbitragem, não dá pra não sentir raiva, não dá pra não protestar, não dá pra não sentir uma imensa vontade de abandonar o futebol. O que vimos ontem no estádio José Amalfitani foi mais uma vergonha protagonizada por mais um juiz hispânico (uruguaio) que fez de tudo pra prejudicar o Cruzeiro.

Não se pode dizer que o árbitro, sr. Martín Vasques, não foi o responsável direto pelo resultado do jogo. Por mais que os jogadores celestes tenham sentido a expulsão, (como geralmente os jogadores brasileiros sempre se deixam levar pelo lado emocional) e ela tendo sido totalmente injusta (a de Gilberto, pelo menos) e ainda, como agravante tendo ocorrido a 2 minutos do início do jogo, foi claramente determinante para que o Cruzeiro deixasse de buscar a vitória e começasse a jogar por um empate.

Afora essa injustiça ainda pudemos contemplar a inércia do "soprador de apito" diante da violência dos argentinos. Faziam faltas violentas, uma atrás da outra, perpetuando durante praticamente os 90 minutos o ANTI-JOGO e o juiz ia distribuindo amarelos para o time local tendo sempre o cuidado de observar se o jogador já o tinha antes de apitar a falta.

O time Azul
Mesmo com essa derrota temos que enaltecer nossos guerreiros. Jogar com 9 contra 12 não é tarefa fácil pra nenhum time do mundo. Ainda mais quando o time contrário abusa da deslealdade porque tem quem o estimule. O jogo inteiro o Cruzeiro teve inferioridade numérica.

Desânimo
Pra terminar esse desabafo, vou inserir nesse post um comentário de um torcedor Cruzeirense que expressa bem o que acredito toda uma Nação Azul sentiu ontem:
"O apito é sempre “hermano”, quase sempre praticado por outro complexado hispano, muitas vezes apenas por inveja, ódio do futebol brasileiro ser tão vitorioso. Libertadores, para mim, definitivamente não conta. Estou cansado de ver nesse torneio, ano a ano, seja Cruzeiro, São Paulo, Palmeiras ou qq outro clube brasileiro, ser escandalosamente garfado. Os brasileiros jogam contra 12, sendo o árbitro o principal jogador deles. Até quando? Cadê a diretoria da CBF, da Federação, do Cruzeiro? "
Também espero um protesto da diretoria do Cruzeiro, um protesto veemente.

10 comentários:

Leônidas Cruzeirense disse...

Caro Carlão, sempre foi assim e já ganhamos duas Libertadores. Bola pra frente. É FATO!

Lú Silva disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lú Silva disse...

Amigo estou de mau humor por causa daquele maledito de Juiz Safado que vai pagar caro por ter roubado da gente.
O time teve uma linda arrancada ano passado após a perda do título da Libertadores, consegui se classificar, foi para a seletiva, jogou contra a altitude.
Nossa... os meninos ralaram demais para chegar aonde estão, o que aconteceu ontem tem que acabar. Que seja a última vez!!!!
e falo mais, a justiça tem que ser feita!
Os jogadores do Cruzeiro foram guerreiros demais ontem viu. Na saída de Gilberto até eu chorei.
Parabéns aos nossos Gerreiros!!
Quando o Velez jogar aqui vai sentir a fúria da China Azul empurrando o Celeste para uma bela goleada!!!!!!!!!!!!!!!
Estou confiante na Raposa, para cima deles Cruzeiro!!!!

Abraço fo

Blog do Vascão disse...

A arbitragem realmente tende a puxar para os argentinos quando o jogo é la, lamentável, mas a primeira expulsão foi absolutamente justa, inprudência total do jogador, mas em casa o Cruzeiro certamente dará a volta por cima.

Abraço
Jeferson

gustavo disse...

Grande Carlão!
''Mais uma vez''.
Esta é, pra mim, as palavras que melhor podem expressar a ira da China Azul neste momento. Confesso que ando muito cansado de tudo o vem acontecendo com a gente desde o início do ano passado. Até quando isso ?? Aonde chegaremos assim ?? Quando não é a Galopress, fortemente armada, são outros. Arbitragem, arbitragem...
Ontem, assistindo ao jogo pela internet aqui em SP, só pude constatar uma coisa: estamos sozinhos. Ninguém alivia quando o assunto é o maior de MG! Mas sempre foi assim. Sempre será! A nossa caminhada será, mais uma vez, heróica e gloriosa. Tenho certeza disto! A raiva de ontem transformou-se em motivação e esperança. Nossos jogadores, somados ao nosso maior patriomônio - a torcida - vão mostar o que é amadurecimento e raça daqui em diante. O país inteiro vai ter que bater palma. Vamos chegar no topo. Vamos confiar! Vamos fazer a nossa parte e esfregar na cara de todo mundo que realmente somos. Agora acabou a brincadeira...

Avante, Cruzeiro!

Abraço.

simone castro disse...

Dá desânimo, e ao mesmo tempo muita raiva, Carlão!
Ontem assistimos a um show de horrores, e por mais que alguns falem que o Gilberto mereceu o vermelho, tenho comigo que pela imprudência, era amarelo, no máximo!
Pior ainda foi ver os hermanos sujos batendo, batendo, e O NADA sendo feito pelo juiz! Deu licença para bater a eles! Ainda ria cinicamente, e trocava confidências com os argentinos, como se fossem comadres! Ora, um árbitro, de qualquer esporte, tem que se dar ao respeito!!!!!!!!
Realmente, senti nojo de tudo isso! Não pela derrota, que aliás não foi de goleada como esperaram e torceram nossos rivais penados. Mas pelo circo de horrores armado. E ao final, ouvir e ver gente pouco gabaritada, torcedora de times sem importância no cenário nacional, irem para a mídia arrotarem abobrinhas, numa clara demonstração de parcialidade. Talvez se algum desses pseudo jornalistas fosse o árbitro do jogo de ontem, com certeza expulsaria mais dois do Cruzeiro!
Gente que só viaja ao exterior por causa da seleção e do Cruzeiro, que é o único que representa , e muito bem, o futebol desse estado!
Que vão todos para aquele lugar!
E prometi a mim mesma, não mais assistir nem jogos na tv, enquanto cacarejantes estiverem à frente da transmissão dos nossos jogos, torcendo sempre contra, fazendo terrorismo, e até tentando enaltecer a torcida adversária, abrindo os microfones para dar a impressão de que cantam o tempo todo, que são vibrantes...Tudo mentira, assim como a arbitragem, o time do velez, a sua torcida e o timeco chamado atlético mineiro!

PARABÉNS, GUERREIROS!

Abço, Carlão!

Michel Farias disse...

A Libertadores infelizmente é assim, acho que o Gilberto experiente como ele é não deveria cair nessa, não precisava deixar a perna, claro que o jogador do Velez agrediu o Kleber e merecia ser expulso mas isso é Libertadores, infelizmente.

Abraços!!!!

http://ofuteboleoscariocas.blogspot.com/

Carlão Azul disse...

Simone como sempre concordo com tudo o que disse.
No dia seguinte ao jogo tive a infausta oportunidade de ver a cobertura do dito cujo no Jornal Nacional. Deplorável!
Se limitaram a falar das expulsões e da derrota. Nem uma palavra sobre a PARCIALIDADE e a ABERRAÇÃO que foi a arbitragem do uruguaio.
Queria ver se fosse os times queridinhos da REDE BOBO (globo) o que o Bonner iria falar, ou seja os times do eixo Rio-SP.

Clítia Milagres disse...

Realmente uma vergonha...
tudo dito acima assino embaixo.
Só não concordo que Libertadores tem q ser assim...pq? Temos que lutar pra mudar esse tipo de coisa e de atitude, afinal é a competição amis importante das Américas.
Com certeza entro de casa sairemos venceores e mostraremos que somos o Maior e Melhor time de Minas

Bjs

Uelton Gomes disse...

Não tem pra onde correr, a arbitragem e nefasta em todo lugar.

Abraços

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Vão pra lá, venham pra cá, naveguem pois:

Notícias do Maior de Minas - Site Oficial

Globo Esporte

Você no mapa:


Visitor Map