terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Cruzeiro volta ao Mineirão e mostra porque é o DONO DE MINAS: 2X1

      Cruzeiro 2 x 1 Atl.MG - Mineirão - 3ª rodada do Camp. Mineiro 2013


  PRECISAMOS DE APENAS 10 JOGADORES PARA VENCER AS MENINAS DO TIME VICE DO BRASILEIRO.

DaGOL chegou e marcou.
A.Ramon pois a franga para trabalhar e marcar nosso 1º gol


Os três estão de volta
Pois é. O Mineirão voltou e trouxe com ele o Grande Campeão do Mineirão, o Cruzeiro e o freguês local, o time Rosa de Vespasiano. A torcida Azul lotou as dependências do estádio que é A SUA CASA. Foi um tempo longo de tropeços e atropelos, mas agora temos tudo para reeditar os maiores momentos dos DOIS GIGANTES DE MINAS, o Cruzeiro e o Mineirão.

Domínio
O jogo foi inteiramente dominado pelo Cruzeiro. No 1º tempo então era impressionante como o time Azul detinha o comando das ações. Tínhamos maior posse de bola até depois de perdermos um jogador. O adversário nervoso (ou amedrontado) não oferecia perigo ao gol de Fábio. A vitória foi justa, poderia e deveria ter sido por um placar mais dilatado. Nilton perdeu 2 gols feitos.

Os destaques
De uma maneira geral, não tanto pela vitória, mas pelo domínio do jogo durante praticamente os 90 minutos podemos sem sombra de dúvidas dizer que o time todo foi bem. Do roupeiro ao goleiro. Não teve ninguém que não tenha algo a ser elogiado em seu desempenho. Vários jogadores estrearam pelo Cruzeiro. Na minha visão, Everton Ribeiro foi o maior destaque. Rápido, driblador e bastante objetivo, parte sempre em direção ao gol. Paulão, o Caveirão fez o que todos desejam, jogou simples e com absoluta seriedade (mesmo quando o ROSALDINHO tentou fazer uma jogada bonita em cima dele manteve a calma, não apelou). Bruno Rodrigo também me pareceu muito promissor no Cruzeiro. Ricardo Goulart mostrou que tem talento e também que ainda esta sem ritmo. Mesmo caso do Egídio. Nilton, perdeu 02 gols, mas demonstrou ser uma opção como elemento surpresa. Alisson que veio da base, também parece que vai agradar demais a Nação Azul. Foi muito bem para uma estréia. Ele tem só 19 anos.

Arbitragem
Problema antigo no futebol brasileiro parece que ainda sem nenhuma expectativa de solução. A arbitragem nesse clássico com certeza errou mais contra o Cruzeiro. Dois lances só para não falar dos vários erros: o soco do zagueiro zebrado em A.Ramon e o carrinho de L.Donizete em Everton Ribeiro. Só aí deveriam ser 2 cartões vermelhos. No lance com A.Ramon nem falta foi marcada. IMPRESSIONANTE a falta de vergonha na cara do ex-árbitro e comentarista da Globo ao declarar que a arbitragem foi bem feita (?). O cara além de torcedor ROSADO é muito pouco conhecedor do que comenta. 

Mineirão a casa do Cruzeiro
Muitas e variadas críticas ao novo estádio, a TOCA III. Justas e impressionantes diga-se de passagem. Como o estádio foi inaugurado às pressas, para que se obtivesse ganhos políticos, com certeza muita coisa não foi devidamente cuidada. Segundo relatos foram encontrados parafusos e porcas e até vergalhões jogados ao chão. Banheiros alagados e sem funcionar, não foram o problema principal. A falta de bares abertos ou bebedores funcionando foi o mais grave. Milhares de torcedores com sede e sem nenhuma opção para matá-la. Absurdo. A renda do jogo foi recorde e ao entrar cofres Celestes será muito bem-vinda.

A Nação Azul compareceu e proporcionou renda recorde ao Cruzeiro.

FICHA TÉCNICA 
CRUZEIRO 2 X 1 ATL-MG 
Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG) 
Data: 03 de fevereiro de 2013 (domingo)  Horário: 17h (horário de Brasília)
Árbitro: Cleisson Veloso Pereira (CBF/FMF) 
Assistentes: Márcio Eustáquio Santiago (FIFA/MG) e Guilherme Dias Camilo (Aspirante FIFA/MG) Cartões amarelos: (Cruzeiro) Leandro Guerreiro, Anselmo Ramon, Dagoberto (Atlético-MG) Leonardo Silva, Júnior César, Leandro Donizete Cartão vermelho: (Cruzeiro) Leandro Guerreiro 
Gols: Cruzeiro: Marcos Rocha, contra, aos 22 minutos do primeiro tempo; Dagoberto, aos 16 minutos do segundo tempo Atlético-MG: Araújo, aos 27 minutos do primeiro tempo 

CRUZEIRO: Fábio; Ceará, Bruno Rodrigo, Paulão e Egídio; Nilton, Leandro Guerreiro, Everton (Alisson), Ricardo Goulart (Dagoberto) e Everton Ribeiro (Tinga); Anselmo Ramon Técnico: Marcelo Oliveira 

ATL-MG: Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Réver e Júnior César; Pierre (Gilberto Silva), Leandro Donizete (Serginho), Ronaldinho Gaúcho e Araújo (Alecsandro); Bernard e Jô Técnico: Cuca

Um comentário:

Luiz Felipe Fogaça disse...

Cruzeiro ou Atlético-MG? Raposa ou Galo? Na primeira melhor pro Cruzeiro, mas quem vai se dar bem esse ano?
http://paixaoclubistica.blogspot.com.br/2013/02/cruzeiro-altetico-mg-e-rivalidade-das.html

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Vão pra lá, venham pra cá, naveguem pois:

Notícias do Maior de Minas - Site Oficial

Globo Esporte

Você no mapa:


Visitor Map