domingo, 12 de novembro de 2017

Cruzeiro em casa não pode perder: 3x1

Cruzeiro 3 x 1 Fluminense - Mineirão - 34ª rodada - Brasileirão 2017

Thiago Neves deu assistência no 2º cobrando falta e fez o 3º do Cruzeiro.
Funcionou
A pressão da Torcida funcionou e o Cruzeiro venceu o jogo mesmo tendo saido perdendo. Empatou, virou e ainda fez mais um para garantir uma vitória nos seus domínios diante de sua torcida. Mesmo não tendo jogado tudo que sabe o time conseguiu a vitória em cima do fraco Fluminense que brigou muito com o juiz sem nenhuma razão. A expulsão foi super justa e os gols do Cruzeiro foram totalmente legais. Talvez a cariocada não esteja acostumada a ter lances marcados contra si sucessivamente. Mas de vez em quando isso acontece. O único erro do juiz foi ter aceitado a enorme pressão dos jogadores do time carioca. Literalmente peitaram o juiz que deveria ter distribuído cartões amarelos.

O jogo
O jogo começou meio sem sal, sem brilho. O Flu fez seu gol logo aos 8 minutos num lance comum, numa bobeada do ótimo Murilo que deixou o atacante pó de arroz virar-se e chutar a gol. O empate viria aos 16  também num lance comum. Um chute da intermediária que resvala nas costas de um beque e engana o goleiro. Até aí nada foi surpreendente, nada foi entusiasmante. O jogo foi muito morno na 1ª etapa. Enfadonho mesmo. No 2º tempo a coisa esquentou. O Cruzeiro voltou melhor e não dava trégua a defesa tricolor. Aos 10 jogador do Flu põe deliberadamente a mão na bola, já tinha amarelo então é expulso. Thiago Neves cobra a falta que Diogo Barbosa empurra para o gol com o bico da chuteira. 2x1. Aos 27 depois de boa troca de passes Robinho acha Thiago Neves sozinho e toca pra ele que manda para o fundo das redes de Cavalieri. 3x1. Vitória mais que garantida do Maior de Minas.

Destaques
No 1º tempo poucos se destacaram. Já na segunda etapa temos de reverenciar Thiago Neves que deu a assistência para o 2º gol e marcou o 3º. Não comemorou corroborando a hipocrisia dos boleiros com certas torcidas. Uma bobagem sem tamanho. Comemorar contra ex-time não tem nada de errado, os caras tem de ser mais profissionais. No jogo todo Rafinha foi muito bem. O meio com Lucas Silva e Lucas Romero deu conta do recado. Na defesa a bobeada do gol do Flu tirou o brilho. Nas laterais D. Barbosa e Ezequiel foram bem. Sóbis é que não joga mais nada, que fase héin?

FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO 3 X 1 FLUMINENSE
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 12 de novembro de 2017 (Domingo)
Horário: 19h(de Brasília)
Árbitro: Andre Luiz de Freitas Castro (GO)
Assistentes: Bruno Raphael Pires (Fifa-GO) e Leone Carvalho Rocha (GO)
Cartões Amarelos: Murilo, Lucas Romero, Robinho, Alisson (Cruzeiro), Marlon, Renato Chaves (Fluminense)
Cartão Vermelho: Marlon (Fluminense)
Gols: CRUZEIRO: Lucas Romero, aos 16 min do primeiro tempo; Diogo Barbosa, aos 11, e Thiago Neves, aos 27 min do segundo tempo
FLUMINENSE: Pedro, aos 7 min do primeiro tempo
CRUZEIRO: Fábio, Ezequiel, Digão, Murilo e Diogo Barbosa; Lucas Silva, Lucas Romero, Rafinha (Messidoro), Robinho (Alisson) e Thiago Neves; Rafael Sóbis (Jonata)
Técnico: Mano Menezes
FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Lucas, Renato Chaves, Henrique e Marlon; Marlon Freiras, Douglas, Wendel (Matheus Alessandro) e Gustavo Scarpa (Léo); Marcos Júnior ( Wellington Silva) e Pedro
Técnico: Abel Braga

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Vão pra lá, venham pra cá, naveguem pois:

Notícias do Maior de Minas - Site Oficial

Globo Esporte

Você no mapa:


Visitor Map