terça-feira, 10 de dezembro de 2019

A notícia derradeira...

...a mais triste das notícias não é a do rebaixamento, mas a morte de Dª Salomé. 
Página do Google com imagens de vários momentos de Dona Salomé.

A morte de Dona Salomé, torcedora nº 1, torcedora símbolo do Cruzeiro é a gota d'água que faltava para que se completasse o pior momento da Vida Celeste. Não tem nenhuma notícia mais triste que esta.

A morte de Dona Salomé representa mais que a morte de uma grande torcedora, reflete o sentimento que toma conta dos Cruzeirenses verdadeiros, aqueles que ao contrário de ganhar dinheiro com o Cruzeiro o financiam de alguma forma. Dona Salomé nos representava, a nós todos, que verdadeiramente somos Cruzeirenses. Hoje nosso sentimento é de desligamento, de ruptura, interrupção.

Sua morte nesta terça feira 10 de dezembro, acaba por realçar o drama da Nação Celeste como o pior momento da vida do Cruzeiro Esporte Clube e de seus torcedores. Pelo que se fala, com certeza o rebaixamento do maior clube de futebol de Minas teve influência direta em sua morte. Hipertensa com certeza viveu momentos de grande tristeza e melancolia nos últimos dias, semanas e meses, culminando com o que se deu no domingo onde ficou constatado o que já sabíamos que iria acontecer. Pela 1ª vez em seus quase 99 anos, vejam bem 99 anos, o Cruzeiro não irá disputar a Série A do futebol brasileiro para tristeza de uma imensa Nação Azul.

Muitos não darão importância ao fato de uma senhora de idade já avançada, nutrir uma paixão por um clube de futebol. Alguns acharão "esquisito". Outros acharão impossível compreender este sentimento, ainda mais de uma senhora de idade. Haverão além dos incrédulos os que a criticarão por sua postura "não condizente" com sua condição. Tudo fruto de uma sociedade imersa no mar lodoso e nojento do preconceito. E, haja preconceito! 

Cada um ama o que lhe apetece e assim sendo não é mais importante o objeto para o qual se direciona o sentimento, mas, o próprio SENTIMENTO, é isto que importa. Difícil e incompreensível ter que se dizer isso nos dias de hoje, em pleno século XXI. Se até hoje há gente que não compreende coisas simples como esta pode-se dizer que estas pessoas não tem, infelizmente, condição alguma de algum dia evoluir. Amassarão por todas as suas existências, o barro da ignorância, inépcia reflexiva e do primitivismo ad eternun, sem jamais se darem conta.

Dona Salomé soube amar o Cruzeiro como poucos (ou ninguém talvez). A perda deste símbolo para nós cruzeirenses, não é apenas lamentável como será mais um marco triste demais deste momento, desta parte da história do Maior de Minas.Ficará para sempre a lembrança do acontecimento triste de domingo e trágico desta terça feira. Nunca mais o coração do Cruzeirense será o mesmo. Podemos depreender isto, como umas das poucas certezas de todas as que estamos vivendo, e que, neste instante já podemos ter como claras em nossa mente.

A dignidade sempre fez parte da vida de Dona Salomé. Há poucos dias negou ter sido agredida por torcedores rivais mesmo que isso já constasse no boletim de ocorrência policial. Garantiu ter se ferido ao cair e não por ter sido agredida. Para seu filho, já no hospital depois de passar mal no jogo fatídico de domingo, garantiu que não foi o fato de ter ido ao jogo que a fez passar mal, como disse passaria mal do mesmo jeito. Quis assim evitar sentimentos de culpa de quem quer que seja por não a terem impedido de ir a um jogo onde, com certeza, as emoções seriam muito fortes, bem mais fortes que poderia suportar este coraçãozinho Azul de 86 anos.

2019 foi um ano atípico, poderá ser lembrado no futuro como um ano que parecia querer mostrar algo diferente para a humanidade. Tantos acontecimentos improváveis, difíceis, tristes, ruins, sofridos, dolorosos, desagradavelmente surpreendentes. Um ano para ser esquecido mas, não sem uma relfexão! Quem sobreviver a 2019 necessitará sobremaneira fazer uma reflexão sobre o que se passou neste ano.

Dona Salomé não estará mais no Mineirão, nem nas quadras trajando uniformes do Cruzeiro. Nunca mais. Não verá o time disputar a série B. Sua morte é um duro golpe. Nada poderia ser mais característico destas horas, pós o abalo que sofremos. Vá em paz Dona Salomé Que o Reino Celeste a receba. Que Deus em sua infinita misericórdia possa dar a esta Senhora que tanto amou, um lugar de destaque em seu Reino de Amor. Condolências à família dela e à toda a família Celeste.
Estamos todos de Luto!

Aqui nos despedimos!



Um comentário:

Anônimo disse...

Não acredito, o blog foi paralisado? Depois de tantos anos cobrindo o maior de Minas? Não pode. Por favor. Sou leitor assíduo, não queria que isso acontecesse. Dá pra repensarem?

Bruno

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Vão pra lá, venham pra cá, naveguem pois:

Você no mapa:


Visitor Map