quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Cruzeiro, jogando mal só empata : Uberaba 2 x 2 Cruzeiro


Jancarlos abriu o placar com gol de falta, G.Magrão fez o segundo.

No triângulo o Cruzeiro foi buscar mais uma vitória pra seguir com 100% de aproveitamento, mas foi recepcionado pelo Uberaba, com um jogo duro, muitas faltas e algumas expulsões.

Com o time praticamente todo formado com jogadores reservas o Cruzeiro ficou longe de ter um desempenho brilhante.

Tudo mostrava que não seria difícil voltar à capital com mais uma vitória. Logo aos 7 min Jancarlos, cobrando falta, abriu o marcador à favor do Cruzeiro. Aos 38 min ainda no 1º tempo, Gérson Magrão deixou o dele registrado, alterando o placar para 2x1.

Mas o Uberaba além de “brigar” (literalmente) muito, não “entregou a rapadura”, empatou a peleja aos 30 min do 1º tempo e acreditou até no fim e aos 41 do segundo tempo conseguiu empatar o jogo novamente, definindo o placar final. Para isso contou também com um time Celeste que não se encontrou em campo e talvez tenha jogado seu pior jogo nessa temporada. O empate foi lucro.

O Cruzeiro também abusou das faltas, mas o diretor de futebol, Eduardo Maluf, alertou para a pressão que a arbitragem mineira tá sofrendo, e partindo desse presuposto, o juiz, que já pode estar lendo na cartilha do dirigente emplumado que vociferou impropérios sobre a comissão de arbitragem da FMF, coisa que aliás, mesmo merecendo uma resposta imediata e enérgica da Federação, vai sendo esquecida e “engolida”, é que abusou da marcação contra o Cruzeiro. Ao final do jogo tinham sido amarelados Gabriel e Gustavo do Uberaba, e do Cruzeiro nada mais nada menos que 6 jogadores: Ramires, Leo Fortunato, Elicarlos, Fabrício, Anderson e Gérson Magrão, sendo que Glauco do Uberaba e Fabrício do Cruzeiro foram também expulsos do jogo.

Isso tem de ser coincidência, o Cruzeiro ainda não tinha recebido tantos cartões num só jogo esse ano, foi só o presidente zebrado despejar seu descontentamento com o fraco desempenho de seu time, jogando a culpa na arbitragem, que no jogo seguinte essa situação ocorre. Se não for coincidência teremos muitos problemas no campeonato daqui pra frente, olho vivo Zezé Perrella, olho vivo Nação Azul.



Veja o vídeo com os gols do jogo.

5 comentários:

Pato disse...

Uma hora tinha que acontecer...Mas, não é por um jogo que devem começara a achar erros, como alguns querem fazer.

O Cruzeiro tem tamanha responsabilidade de seus defeitos, que eles estão sendo trabalhados nas vitórias!

Sobre o Futebol Carioca disse...

tem dia que p time joga bem, tem dia q joga muito mal1

Vinícius Barros disse...

Carlão Azul, convido você a visitar meu blogue recém criado: 'Times Históricos'

http://timacos.blogspot.com/

A idéia é de escrever sobre desde a Holanda de 74, o Cruzeiro de 76 até o Real Madrid de 2002, por exemplo, além é claro, sobre jogadores como Euśebio, Bobby Moore, Tostão e Zidane. Pretendo escrever 1 artigo por dia.

Abraços!

Robson Ribeiro disse...

ESTE JUIZ, EMERSON ALMEIDA, NÃO TEVE CRITÉRIO NENHUM AO DAR A MAIORIA DOS CARTÕES PARA OS JOGADORES CRUZEIRENSES, PORTANTO APESAR DO TIME CELESTE TER EMPATADO E ESTÁ EM 1º LUGAR, A FEDERAÇÃO MINEIRA DE FUTEBOL TEM QUE COLOCAR JUÍZES MAIS EXPERIENTES E QUE NÃO SE SINTAM PRESSIONADOS, POIS NESTE JOGO O TIME CELESTE FOI O MAIS PREJUDICADO......

Naty Abacaty disse...

Carlão, passei uma situação neste carnaval que enlouqueci. Tem um bloco de rua tradicional na minha cidade, onde as pessoas se fantasiam e saem no centro histórico, é aberto a todos. Fui acompanhar este bloco e em meio a mais de 800 foliões deste bloco, a massa inteira cantava o tradicional guerreiro dos gramados. Eu me arrepio até agora em lembrar. A Máfia Azul da minha cidade tomou conta em pleno carnaval, foi demais.

Um abraço.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Vão pra lá, venham pra cá, naveguem pois:

Notícias do Maior de Minas - Site Oficial

Globo Esporte

Você no mapa:


Visitor Map