quinta-feira, 20 de maio de 2010

Cruzeiro tem na arbitragem dos 2 jogos seu maior algoz

São Paulo 2 x 0 Cruzeiro - Libertadores 4ªs de final - 19/05/2010
Definição
Não restam dúvidas da influência direta das decisões erradas dos árbitros e seus assistentes nos dois confrontos entre o Cruzeiro e o SPFC. No primeiro jogo foi um gol mal anulado, no segundo uma expulsão que pareceu encomendada logo aos 1min e 20 segundos de jogo. Coisa mais que anormal para um lance que bem poderia não não dar em nada, não ser nem marcada nem falta, talvez se marcasse a falta ainda coubesse um amarelo, agora vermelho direto jamais. Mas a cena comovente, glamurosa e espalhafatosa do não menos espetaculoso Richarlyson tenha impressionado o juiz que não titubeou em aplicar a Lei Maria da Penha!

E então
Com um placar de 2x0 contra nós, com um à menos, lutando contra a melhor defesa do Brasil e quiçá das Américas, realmente a tarefa que era difícil passou a ser quase impossível. Diante do circo armado o espetáculo tricolor se desenrolou dentro do que foi meticulosamente planejado. Um jogo duro mas com placar amplamente favorável em Minas e um jogo mais tranqüilo, sem sobressaltos, sob controle no Morumbi. Esta concluída a missão, esta encerrada com méritos(!?) mais essa etapa da caminhada do time são paulino ao tetra.

Minas
Inteira se entristece. Sabíamos das dificuldades, mas iludidos, visionários e ingênuos em nenhum momento contávamos com os fatores que mais decidem jogos importantes: aqueles que não tem nada a ver com o jogo de bola propriamente dito. Não contávamos, mesmo tendo visto o que ocorreu no Mineirão, com uma expulsão de um dos nossos artilheiros no início do jogo. Fomos infantis.

Comentário
Pronto, já passou a indignação, a raiva. Cabe agora abrirmos nossos olhos para um novo horizonte que pode se abrir. Cabe sermos menos crédulos e mais críticos. Cabe protestarmos por exemplo pela alegria bestial que o comentarista da TV Globo demonstrou do alto de seu exuberante desconhecimento do futebol, do alto de sua parcialidade amadora, quando chamado pelo narrador a emitir sua opinião sobre o desenrolar dos dois jogos, o do Cruzeiro e São Paulo e o do Santos e Grêmio. O ridículo torcedor-comentarista (Bobo Faria, atreticano convicto), teve a impáfia de dizer que o jogo do Cruzeiro e São Paulo já estava resolvido (no que todos concordam) mas ao ser indagado sobre a situação do jogo na Vila Belmiro surpreendentemente não colocou o Santos como vencedor, sendo que a situação do tricolor gaúcho era até mais complicada que a do Cruzeiro e só restavam uns 5 minutos de jogo na Vila. Impressionante!

Mas teve mais, diminuiu, a despeito do que toda a crônica esportiva do Brasil comentou, a trajetória do Cruzeiro na Libertadores. Disse que a missão do SPFC foi mais árdua que a do time Celeste, esquecendo-se que todos chamaram o Grupo 7 de Grupo da Morte e o Cruzeiro se classificou nesse grupo com vitórias expressivas, não precisou de ir à disputa de penais pra se classificar. Impressionante II !

Destaques
Melhor em campo: Jorge Larrionda / Pior em campo: Jorge Larrionda

13 comentários:

Beto disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Leonardo Kope disse...

Cara, o Kleber quase todo jogo é expulso, caraca.Ele tem q ir no piscicologo.

CI Informa disse...

Ai meu Deus ainda tenho que "ler" zuação de Sãopaulinho... pesaaaaaaaaaaaaaaaaaado!!!!

Eu estou passada com o time. Esperava mais, bem mais. Fico triste do time sair deste jeito, estávos muito bem na competição.

Carlão sua frase: "Inteira se entristece. Sabíamos das dificuldades, mas iludidos, visionários e ingênuos em nenhum momento contávamos com os fatores que mais decidem jogos importantes: aqueles que não tem nada a ver com o jogo de bola propriamente dito. Não contávamos, mesmo tendo visto o que ocorreu no Mineirão, com uma expulsão de um dos nossos artilheiros no início do jogo. Fomos infantis", representa muito bem o que estou sentido. Estou mega triste, pq esperava mais inteligencia do time.
Precisamos de uma zaga urgente e de um excelente meia. Aí sim poderemos sonhar com uma nova vaga da Libertadores 2011. Com este time atual tá difícil.
Vejo o esforço do AB, Fábio, Fabrício, Henrique, TR, e até sim do Kléber (que é muito louco), mas se o time não for reforçado fica difícil!!!!

De todo modo, valeu pelo sonho!!!!
"Matar o sonho é matarmo-nos. É mutilar a nossa alma. O sonho é o que temos de realmente nosso, de impenetravelmente e inexpugnavelmente nosso."(Fernando Pessoa)!!!!

Grande abraço amigo
Saudações!!!!

Marcos disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Carlão Azul disse...

Não tem não Lú.
Perfis falsos de atreticanos enrustidos de são paulinos ou não não vão figurar aqui.

Clítia Milagres disse...

Tristeza!!!
Concordo que a arbitragem colaborou com o resultado, mas concordo com a Lu, que precisamos mais de inteligência para jogar, sem falar num meia criativo e que valha vestir a camisa 10 do Cruzeiro. A zaga pode pegar tudo e jogar fora...time sem zaga não ganha nada.
Do jeito que anda a coisa o campeonato brasileiro vai ser sofrimento.


Inté!

Claudio Henrique disse...

É cara, achei exagerada a expulsão de Kléber. Sem querer ou não, isso acabou desestabilizando o Cruzeiro. O São Paulo tem seus méritos lógico, mas o Cruzeiro acabou abalado com a saída de seu melhor atacante. Acreditava numa vitória do Cruzeiro, mas quando vi o primeiro gol do São Paulo, ali eu disse, já era.

Agora é se concentrar no brasileiro.

Abraços

RÁDIO RAPOSA disse...

Lei Maria da Penha!
HAHAHAA
essa foi boa!
Lutar contra os adversários, lutar contra as arbitragens, lutar contra a imprensa, essa é a guerra do Cruzeiro.
Mas nós nunca desistimos!

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Blog do Carlão - Futebol é nossa área disse...

Também acho que o Larrionda errou, xará.

Blog do Vascão disse...

Não assisti ao jogo, mas pelo que soube o Kleber foi expulso injustamente. Ele paga pelo histórico de agressões, mas isso não justifica o erro grosseiro da arbitragem.

Abraço
Jeferson

gustavo disse...

Chegou o momento de voltarmos para nós mesmos. Internamente e sem maior alarde, é hora da faxina. Porém, nada de bodes expiatórios ou vilões. É uma questão de mentalidade, de ambição.
Temos que trabalhar em prol do Cruzeiro e nada mais.

Avante, Cruzeiro!

Raposa Azul disse...

Esta na hora de cobrarmos da diretoria por reforços, e apoiar o time no campeonato brasileiro.

O Kleber não merecia ser expulso, mas ao mesmo tempo o atacante tinha que ter um pouco mais de prudência e não precisava ter feito a falta. Mas de toda forma o juiz no levou na mão grande.

blograposaazul.blogspot.com

saudações azul

"o sonho do TRI permanece vivo dentro do coração de cada cruzeirense"

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Vão pra lá, venham pra cá, naveguem pois:

Notícias do Maior de Minas - Site Oficial

Globo Esporte

Você no mapa:


Visitor Map