quinta-feira, 6 de novembro de 2014

Cruzeiro vence a arbitragem e vai a final: 3x3

Santos 3 x 3 Cruzeiro - Vila Belmiro - Jogo de volta da Semifinal - Copa do Brasil 2014
Marcelo Moreno e 2 vezes Willian. Garantida a final inédita
 Jogão 1º tempo
Foi realmente um jogo bonito de ser visto. Times ofensivos buscando o gol a todo momento. O Cruzeiro jogou como time grande, pressionando o tempo todo e não deixando o Santos jogar. Saimos atras no placar e fomos buscar na força nossa classificação. Aos 3 minutos o Santos abriu o placar num bate e rebate na área. Aos 8 numa bela jogada de Ceará, driblando dois adversários, ele chuta, o goleiro rebate e Marcelo Moreno estava lá para conferir. Empatou o jogo e recolocou as coisas em seus devidos lugares. A partir daí o Cruzeiro exerceu o domínio do jogo impondo seu ritmo e administrando. Aos 45 a arbitragem INVENTOU um pênalti para complicar a nossa vida. Fim do 1º tempo, derrota parcial de 2x1. 

Jogão 2º tempo
O Cruzeiro que já tinha perdido Dedé por contusão, substitui Egídio que foi amarelado por reclamação contra o lance do pênalti inventado. Aos 14 do 2º tempo, Bruno Rodrigo se escorrega e acaba favorecendo o Santos que marca mais um... tudo parecia perdido, com 3x1 dava Santos na final. A coisa estava do jeito que a turma do Eixo queria, uma final entre RioxSP. Só aos 35 o Cruzeiro que não se entregara faria mais um gol, Willian com belo chute reacendia o ânimo da torcida Azul. Tinha que ser ele, o herói do 1º jogo voltava a se destacar só que não parou aí, aos 50 minutos já no finzinho Willian novamente marcou e empatou o jogo para explosão da Nação Celeste. 3x3. Cruzeiro na final inédita MINEIRA.

Arbitragem
Não foi desta vez. Fizeram o que puderam. Um gol mal anulado no 1º jogo e um pênalti inventado no 2º jogo. Mas não deu. O futebol efervescente do Cruzeiro não deu margem para que a MÍDIA-CBF conseguissem a final dos sonhos entre cariocas e paulistas. Não acompanhamos os outros dois jogos da outra semifinal, mas aqui com absoluta certeza pudemos perceber a ação nociva que as pressões da mídia e assemelhados fazem pelo soerguimento do futebol do eixo. Não foi atingido o objetivo deles e teremos uma final inédita na Copa do Brasil entre dois times mineiros, um que já tem 4 títulos e outro que chega pela 1ª vez a uma final depois de disputar TODAS as edições da competição.

FICHA TÉCNICA
SANTOS-SP 3 X 3 CRUZEIRO-MG
Data: 5 de novembro de 2014, nesta quarta-feira
Horário: 22 horas (horário de Brasília)
Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA-ASP-FIFA)
Assistentes: Bruno Boschilia (PR-FIFA) e Cleriston Clay Barreto Rios (SE-FIFA)
Renda: R$ 444.760,00
Público: 11.952 pagantes
Cartões amarelos: SANTOS: Rildo, Lucas Lima. CRUZEIRO: Willian, Egídio, Lucas Silva, Fábio
Gols: SANTOS: Robinho, com 1 minuto, e Gabriel aos 48 do 1º tempo. Rildo aos 13 minutos do 2º tempo
CRUZEIRO: Marcelo Moreno aos 8 do 1º tempo. Willian, aos 35 e aos 50 minutos do 2º tempo
SANTOS: Aranha, Cicinho, Bruno Uvini, Edu Dracena e Mena (Caju); Alison (Renato), Arouca e Lucas Lima; Rildo, Robinho (Jorge Eduardo) e Gabriel
Técnico: Enderson Moreira
CRUZEIRO: Fábio; Ceará, Léo, Dedé (Bruno Rodrigo) e Egídio (Samudio); Henrique, Lucas Silva, Éverton Ribeiro (Julio Batista) e Ricardo Goulart; Willian e Marcelo Moreno
Técnico: Marcelo Oliveira

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Vão pra lá, venham pra cá, naveguem pois:

Notícias do Maior de Minas - Site Oficial

Globo Esporte

Você no mapa:


Visitor Map