sexta-feira, 4 de outubro de 2019

Com gol anulado e derrota aprofunda-se crise no Maior de Minas: 1x0

Goiás 1 x 0 Cruzeiro - Serra Dourada - 22ª rodada - Brasileirão 2019 

Maré baixa
Quando a maré tá baixa só aparece coisa ruim na areia.O Cruzeiro vive dias (meses) de agonia com uma receita prontinha para ser assada na 2ª divisão. A história do Maior de Minas tem muito poucos momentos de tanta agonia. Podemos dizer que apenas, nos tempos modernos, em 2011 passamos por semelhante situação. Naquela época demos a volta por cima na última rodada bem em cima do rival citadino e ainda fizemos história aplicando uma SONORA goleada nos zebradinhos de Vespasiano. Tudo pode, mas não deve se repetir... a receita do bolo de 2019 está bem mais completa. Há de tudo na vida do Time Celeste neste ano... dívidas, panelinha, revolta de torcida e até problemas com a justiça de membros da diretoria. Uma receita com grande potencial de se transformar no prato mais amargo que a Raposa jamais provou.

O jogo
Com gol anulado e tudo mais o Cruzeiro mais uma vez padeceu com seus erros e não conseguiu ao menos trazer um pontinho para casa diante do Goiás. Em boa jogada de David, Thiago Neves mandou pras redes aos 4 minutos da etapa final. O VAR viu impedimento na origem da jogada e o juiz anulou o gol. Aos 16 o Goiás não deu mole e fez seu gol garantindo uma vitória que melou a estreia de Abel Braga no Cruzeiro e deixou ainda mais dramática a situação do time no Brasileirão.

Destaques
A estreia de Abelão não foi das melhores. Uma derrota para o Goiás que a 10 partidas não nos vencia pelo Brasileirão é o diagnóstico claro de que Abelão terá de contar com milagres para livrar o Maior de Minas da 2ª divisão. A panelinha que ocasionou a queda de R. Ceni pode e deve agora ser melhor gerenciada pelo técnico experiente, o que é duvidoso é que a situação já chegou a um ponto cuja retorno pode ser difícil demais e quase impossível.


FICHA TÉCNICA:
GOIÁS 1 x 0 CRUZEIRO
Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Data: 30 de setembro de 2019, segunda-feira
Horário: 20h (de Brasília (DF)
Árbitro: Gilberto Rodrigues Castro Junior (PE)
Assistentes: Clóvis Amaral da Silva (PE) e Fábio Pereira (TO)
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)
Cartões amarelos: Henrique, Thiago Neves e David (CRU)
Gol:
GOIÁS: Alan Ruschel, aos 16 minutos do 2º Tempo
GOIÁS: Tadeu; Yago Rocha, Fábio Sanches, Rafael Vaz e Alan Ruschel; Gilberto, Yago Felipe (Breno) e Léo Sena; Michael, Rafael Moura (Papagaio) e Leandro Barcia (Kaio)
Técnico: Ney Franco
CRUZEIRO: Fábio; Orejuela (Edilson), Dedé, Fabrício Bruno e Egídio; Henrique, Ederson (Ezequiel), Thiago Neves e Robinho (Marquinhos Gabriel); David e Sassá
Técnico: Abel Braga
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Vão pra lá, venham pra cá, naveguem pois:

Você no mapa:


Visitor Map