quinta-feira, 14 de abril de 2011

Cruzeiro arrasador na Libertadores goleia novamente o Estudiantes: 3x0

Estudiantes 0 x 3 Cruzeiro - Estádio Único Ciudad de la Plata - Libertadores 2011
Thiago Ribeiro e Gilberto, um abriu e outro fechou a goleada.
Deu show nas dunas de La Plata
O Cruzeiro foi à La Plata enfrentar o vice-líder do antes chamado pela imprensa nacional grupo da morte, Estudiantes. Jogo cheio de ingredientes emocionais pela rivalidade entre Brasil e Argentina que é muito grande e também pela rivalidade bastante intensa também entre o Cruzeiro e o time alvi-rubro. Para apimentar os ânimos novos ingredientes foram adicionados. Segundo jogadores Celestes, Verón teria prometido uma revanche depois da HUMILHANTE derrota para o Cruzeiro no jogo do turno por 5x0 e esperava-se um jogo duríssimo visto que o time Pincha só havia perdido até aqui 2 vezes em seus domínios jogando pela Libertadores, ou seja, uma vitória já seria épica, agora um show com direito a goleada foi realmente um fato histórico.
Wallyson mais uma vez mostrando garra fez uma ótima partida e um gol. Wallygol.
Banda Celeste
Depois da banda U2, quem utilizou o piso arenoso do Estádio Único de Ciudad de La Plata para dar seu show para a platéia argentina, recheada de centenas ou milhares de componentes da Nação Azul, foi a Máquina Celeste. Todos os nossos guerreiros tiveram um desempenho notável. O goleiro Fábio, o melhor goleiro do Brasil, nos garantiu a vitória, sobretudo no início do jogo, quando fez importantes e difíceis defesas e assim amainou o ímpeto do time dos pincharratas. 
Na defesa o maestro Victorino deu o tom e mostrou o que é jogar por música. Gil não ficou pra trás, jogando duro, sério e com eficiência. 
Nas laterais, atuações supimpa de Pablo e Gilberto, obedientes e efetivos no desempenho do planejamento tático de Cuca. 
No meio Leandro Guerreiro fez sua melhor atuação com a camisa Celeste até aqui. M.Paraná e Henrique foram o mais uma fez tão eficientes como o que já se espera dêles. M.Paraná fez uma enfiada de bola perfeita para Wallyson que não desperdiçou, lutou com 2 adversários, venceu-os e ainda driblou o goleiro para fazer nosso 2º gol. 
No ataque, aliás Wallysson foi o destaque, fez o seu e deu o passe açucarado para que Thiago Ribeiro só  desse um toquinho e abrisse o placar para o Cruzeiro.
Nossa armação também se destacou. Róger, com a incumbência complicada de suprir a falta de Montillo não decepcionou. Jogou para ele mesmo e para Montillo.
Em grande presença a nossa torcida comemorou muito a goleada.
Melhor entre todos
Com essa bela vitória o Cruzeiro consolidou a sua posição de melhor time da Libertadores 2011 até aqui. Que esse espírito de vencedor permaneça entre nossos Guerreiros e que a humildade que até aqui eles tem demonstrado também permaneça. Que o comportamento de craques como o Montillo possa (como parece já estar) contaminar a todos e nos levar ao tão esperado triunfo que nos dará o Tri da América e nos levará a disputar aquele que é o mais almejado troféu que o Cruzeirense busca, o CAMPEONATO MUNDIAL DE CLUBES.
Torcedora Celeste desabafa contra os pincharratas. Bom demais vencer, melhor ainda golear duas vezes. Quem mandou se associarem com o patético?

A homenagem, mais do que justa do elenco ao nosso Guerreiro, o Caballero Azul Montillo e seu filho o pequeno Santino.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Vão pra lá, venham pra cá, naveguem pois:

Notícias do Maior de Minas - Site Oficial

Globo Esporte

Você no mapa:


Visitor Map