segunda-feira, 23 de maio de 2011

Cruzeiro é derrotado em péssimo jogo contra o Figueirense: 1x0

Figueirense 1 x 0 Cruzeiro - Est. Orlando Scarpelli - 1ª Rodada - Brasileiro 2011
Mais do mesmo
O mesmo que ocorreu na Libertadores, ocorreu ontem em Florianópolis. O Cruzeiro estava mal, aliás mal é pouco, o Cruzeiro estava péssimo. Apesar da falha de Fábio que teve a infelicidade de acertar a nuca do Paraná e assim proporcionar a vitória ao Figueira, o dono da camisa 1 foi bem no jogo. Fabrício seria também um dos destaques ao lado de Thiago Ribeiro e acho que foi só. Erramos muito, nossos jogadores estavam de novo em uma tarde infeliz. Até quando vamos sofrer esses problemas? Que falta ao time? Motivação não pode ser! O fato é que nosso treinador tem a urgente missão de detectar o problema e corrigir, o mais rápido possível. Se ganhamos o Mineiro, foi por sorte, nossas bolas entraram e a do rival não. Não poderemos confirmar nosso favoritismo jogando assim, tão mal.

Ainda bem
Que não somos torcedores do Figueirense. Péssimo futebol. Só nos venceu por causa de nossos inúmeros erros. A continuar jogando assim é candidato certo ao rebaixamento. O Cruzeiro foi mesmo muito mal. Montillo, se continuar jogando como ultimamente tem de ir para o banco, obedecendo os critérios do Cuca, que já pôs o Thiago Ribeiro e o Roger na reserva. Marquinhos Paraná e Henrique também estão irreconhecíveis. No jogo de ontem temos que aplaudir Gilberto, Fábio, Thiago Ribeiro, Fabrício e Gil, todos com restrições, senão vejamos: Gilberto foi bem, mas precisa entender que vociferar contra o juiz é suicídio. Fábio foi infeliz no lance do gol, como já dissemos, T.Ribeiro lutou muito mas não teve a calma e a frieza necessária nas finalizações. Fabrício foi bem, mas não tem condições de jogar ainda os 90 min. Gil foi bem, mas às vezes é muito afobado.

Tudo que não queríamos
Essa derrota acabou ocorrendo exatamente ao contrário de nossos planos. Esse era realmente um jogo para somarmos os 3 pontos. Será lembrado futuramente, espero até que não, se nos fizer falta. O Figueirense só defendeu-se e saiu no contra-ataque quando viu que na verdade o time do Cruzeiro "não era aquela Brastemp" que falavam. Seu futebol cresceu direta e proporcionalmente ao nosso que encolheu. 

Mudanças
As mudanças no time não surtiram efeito. Dudu infelizmente parece ainda "imaturo". Talvez ainda não seja sua hora. Ortigoza é mais transpiração que inspiração. Talvez se houvesse um trabalho mais bem feito do meio para o ataque ele tivesse sido mais produtivo. Exceção se faz somente na entrada de Fabrício que mostrou vontade e deu novo alento com vários cruzamentos interessantes para a área. Todos que saíram estavam mal, precisavam mesmo serem substituídos, mas realmente as mudanças não foram suficientes para alterar o quadro.

2 comentários:

Gabriel disse...

Realmente foi uma vergonha para nós ver o nosso time perder para o Figueirense. Porém vamos com calma o campeonato está só começando ainda tem muitos jogos e tenho certeza, vamos ser campeões esse ano. Vamos Cruzeirooooooooooo!

Anônimo disse...

Olá é a 2ª vez que encontrei a tua página e adorei imenso!Bom Trabalho!
Cumps

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Vão pra lá, venham pra cá, naveguem pois:

Notícias do Maior de Minas - Site Oficial

Globo Esporte

Você no mapa:


Visitor Map