segunda-feira, 19 de março de 2012

Cruzeiro faz mão cheia em Poços 5x0

Caldense 0 x 5 Cruzeiro - Est. Ronaldo Junqueira - 7ª rodada - Camp. Mineiro 2012
Wellingol 2012, o ano dele!
O Esquema
É mesmo interessante este esquema de 3 atacantes no Cruzeiro. Só ainda não dá para termos a tranquilidade de dizer que isso vai funcionar quando o Cruzeiro encontrar um rivais à sua altura, ou seja, após o término do Mineiro, quando começar o Brasileiro e se isso ocorrer, quando o time topar com seus rivais nas fases decisivas da Copa do Brasil. Só as Rosinhas de Vespasiano, embaladas pela parte tacanha da imprensa  de BH, é que acham que o mundo é cor-de-rosa enquanto o timinho centenário e monotítulo delas mantém seus 100% de aproveitamento contra times semi-amadores. Nós temos a plena consciência de que tudo ainda é pouco, muito pouco pra dizer que temos um time competitivo e confiável. Mesmo com a positividade ofensiva, o Cruzeiro ainda não é o que achamos que deve ser.

Ataque Produzindo
O que mais pode tranqüilizar no Cruzeiro 2012 é que nosso principal problema de anos anteriores parece no momento ser nosso maior diferencial. Nada que contradiga o acima exposto, mas se tínhamos tantas dificuldades com o setor de ataque nas últimas temporadas esse ano há pelo menos a expectativa que esse problema não seja tão evidente. Não que tenhamos facilidade para golear os adversários, não se trata disso, como dissemos. O que vale ressaltar é que nosso ataque como um todo tem funcionado, não é um jogador de forma isolada que tem feito os gols, todos estão se encaixando e contribuindo. As coisas estão fluindo bem e nos dão a esperança de que poderão funcionar um pouco melhor que no passado recente.

O Importante
Para todos nós deve ser somente o aprimoramento do conjunto que o time pode atingir no Camp. Mineiro. Esse é o aspecto mais importante e o maior serviço que o campeonato regional pode prestar ao Clube. Claro que é importante ser o campeão, não podemos entrar numa disputa não almejando o título. O Cruzeiro é sempre candidato ao título e se ele não vier, isso pode sim ser considerado um desastre. Isso é natural, mas o próprio título em si não é o maior objetivo. O correto é usar a competição para definir a forma e o conteúdo, ou seja, definir como o time vai jogar e de quais maneiras. É definir o esquema tático que em cada uma das formações possíveis pode ser o mais efetivo para cada situação. É nisso que W.Mancini tem de se debruçar, fazendo infinitas e profundas análises para conhecer e poder prever as ações e reações do time com cada formação.
O time com o novo uniforme.

Um comentário:

Gabriel Casaqui disse...

Caros cruzeirenses,

Meu nome é Gabriel Casaqui, sou de SP, e junto com um amigo mantenho um blog de esportes (sobretudo futebol).

Tivemos a ideia de promover a seção "Análise de Elenco" na qual 2 times serão analisados por semana até o início do Brasileirão.

O post de hoje retrata o Cruzeiro. Buscamos as informações no site oficial e tiramos nossas conclusões de acordo com o elenco, nossos convencimentos e projeção do clube no cenário brasileiro como um todo.

Convido você e seus leitores a acompanharem nosso post e pedimos a gentileza que registrem suas opiniões tudo em prol de um debate amigável.

Críticas, considerações, adendos...qualquer retorno é bastante significativo para medirmos se fizemos uma leitura correta do elenco ou de certo jogador. Até porque as informações sobre o Campeonato Mineiro que aqui chegam nem sempre são de todo satisfatórias.

Conto com vossa visita.

Abraços.

Gabriel Casaqui
http://obotecoesportivo.blogspot.com.br/2012/03/analise-de-elenco-cruzeiro.html

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Vão pra lá, venham pra cá, naveguem pois:

Notícias do Maior de Minas - Site Oficial

Globo Esporte

Você no mapa:


Visitor Map