segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Cruzeiro vai a Pernambuco e goleia o TIMBU, 4x1

Náutico 1 x 4 Cruzeiro - Arena Pernambuco - 26ª rodada - Camp. Brasileiro 2013
E.Ribeiro, Ricardo Goulart duas vezes e Mayke, os autores dos gols Celestes
Jogo duro
É chover no molhado dizer que não tem jogo fácil no Brasileiro. Todos sabemos disso. As provas estão aí, em toda rodada praticamente vemos surpresas no resultados de alguns jogos. O futebol é apaixonante exatamente por ter essa particularidade bacana (e muitas vezes desagradável) de podermos às vezes ver o grande ser engolido pelo pequeno. Não foi o caso dessa vez, mas claro que o Cruzeiro enfrentou um adversário duro, empolgado e totalmente comprometido em fazer um jogo muito bom. O Timbu não deu mole. Mesmo quando já estava tudo decidido não deu vida fácil ao Cruzeiro. No 1º tempo deu pra ver exatamente como o empenho pode ser decisivo num jogo de futebol. O Cruzeiro relaxado com mais um gol rápido sentiu a pressão e terminou a 1ª etapa empatado e com o Náutico jogando melhor.

Felizmente o Cruzeiro voltou
Depois de um puxão de orelhas do Mestre Marcelo o Cruzeiro voltou para a 2ª e decisiva parte da peleja com outro ânimo. O 1º gol foi feito pelo artilheiro Ricardo Goulart aos 9 minutos em mais uma ótima cobrança de Willian ele meteu a cabeça e ainda contou com um pequeno desvio de um defensor do time nordestino. Tanto o Cruzeiro mudou seu espírito que já aos 6 do 2º já fazia o gol que lhe abriria o caminho da vitória e da goleada. Num passe genial de Everton Ribeiro após tabela com Willian, numa bola que o próprio R.Goulart havia ganhado para o Cruzeiro ainda na nossa defesa, ele emendou com um chute colocado ao lado esquerdo do Ricardo Berna. 2x1. O 3º nasceu de ótima jogada de Willian que sofreu pênalti, batido e convertido por E.Ribeiro. O 4º naceu com ótima jogada de Dagoberto e Tinga que deu um passe perfeito para o Mayke fuzilar para o gol fechando o placar em 4x1.

11 pontos
Permaneceu a diferença pró-Cruzeiro em 11 pontos tendo o Grêmio agora como nosso maior perseguidor. É uma diferença consideravel e que traz alguma tranquilidade tanto para os atletas como para nós torcedores. Teremos 3 partidas em casa e desta forma, se prevalecer o que vem ocorrendo nos nossos jogos em BH, poderemos abrir ainda mais vantagem. O que mais anima aos torcedores Azuis nem é a elástica vantagem mas o futebol produtivo do Cruzeiro na temporada. Como bem destacou Nilton "jogar com jogadores inteligentes e leves facilita muito. Quem entra mantém a mesma regularidade" (de quem estava em campo). O Cruzeiro é um time coletivamente eficiente e que vem provando isso desde o início da temporada.


FICHA TÉCNICA
NÁUTICO 1 X 4 CRUZEIRO
Local: Estádio Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata (PE)
Data: 06 de outubro de 2013, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva
Assistentes: Edilson Frasão Pereira e Luís Cláudio Rodrigues da Costa
Gols:
NÁUTICO: Maikon Leite, aos 27 minutos do primeiro tempo
CRUZEIRO: Ricardo Goulart, aos nove minutos do primeiro tempo e aos sete do segundo tempo; Éverton Ribeiro, aos 12, e Mayke, aos 31 minutos do segundo tempo
NÁUTICO: Ricardo Berna; João Filipe, Leandro Amaro, William Alves e Bruno Collaço; Elicarlos, Derley, Dadá (Peña) e Morales (Hugo); Maikon Leite e Olivera (Marcos Vinícius)
Técnico: Marcelo Martelotte
CRUZEIRO: Fábio; Mayke, Léo, Bruno Rodrigo e Ceará; Nilton, Lucas Silva, Éverton Ribeiro (Tinga) e Ricardo Goulart; Willian (Alisson) e Borges (Dagoberto)
Técnico: Marcelo Oliveira

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Vão pra lá, venham pra cá, naveguem pois:

Notícias do Maior de Minas - Site Oficial

Globo Esporte

Você no mapa:


Visitor Map