quinta-feira, 13 de março de 2014

Cruzeiro derrapa no Uruguai e é derrotado: 2x0

Defensor 2 x 0 Cruzeiro - Estádio Luis Franzini - Fase Classificatória - Libertadores 2014 

Golpe duro
Foi um golpe duro na Nação Azul. A derrota foi daquelas que incomodam. O time jogou muito bem o 1º tempo mas voltou do intervalo como se sentisse os efeitos da altitude. Aliás, os mais "cabeça quente" poderiam dizer que foi problema de altitude. Não altitude da cidade, mas que nossos heróis entraram de "salto alto". Eu diria que foi uma noite bastante infeliz. Nem Fábio se salvaria, já que o goleirão nos acostumou com defesas milagrosas, temos o direito de achar que aqueles gols eram defensáveis. Mas não deu, o time pareceu ansioso e se desarticulou após a perda do pênalti.

Bola pra frente
Como disse nosso presidente não tem nada perdido ainda pois podemos "recuperar esses pontos contra a equipe do Defensor no Mineirão, fazer pontos no Chile e contra o Real Garcilaso. Não tenho dúvida que vamos classificar." Temos de ter otimismo que foi apenas uma batalha, a guerra não esta perdida. Que essa derrota inexplicável possa servir de exemplo para que o time tenha mais garra e mais impetuosidade para nos dar a conquista do TRI. Que saiba que NÃO EXISTE VIDA FÁCIL para quem quer construir uma história cheia de glórias.

O jogo
O Cruzeiro entrou bem no jogo. Dominava as ações e tinha maior posse de bola e mais importante, a bola permanecia o tempo todo no ataque Celeste. Faltou somente o gol que poderia ter mudado a história do jogo. Já na etapa final o time entrou sem gás. Ao contrário o Defensor veio com toda vontade para vencer o jogo. Aos 17 abriu o placar e destruiu os planos Celestes, já que os jogadores sentiram bastante por terem levado o gol. O outro gol foi só para fechar a tampa do caixão.

FICHA TÉCNICA
DEFENSOR 2 X 0 CRUZEIRO

Local: Estádio Luis Franzini, em Montevidéu (URU)
Data: 11 de março de 2014, terça-feira
Horário: 19h (de Brasília)
Árbitro: Diego Abal (ARG)
Assistentes: Gustavo Rossi e Ernesto Uziga (ambos da Argentina)
Cartões amarelos: (Defensor) Arias, Zeballos (Cruzeiro) Ceará, Rodrigo Souza, Everton Ribeiro, Tinga
Cartão vermelho: (Defensor) Arías
Gols: Defensor: Felipe Gedoz, aos 18 e aos 32 minutos do segundo tempo

DEFENSOR: Campaña; Zeballos, Arias, Malvino e Herrera; Felipe Gedoz (Pais), Arrascaeta, Fleurquin e Cardaccio; Oliveira (Correa) e Risso (Alonso)
Técnico:Fernando Curutchet

CRUZEIRO: Fábio; Ceará, Bruno Rodrigo, Dedé e Egídio; Rodrigo Souza (Marlone), Nilton, Ricardo Goulart e Everton Ribeiro (Tinga); Dagoberto e Marcelo Moreno (Willian)
Técnico: Marcelo Oliveira

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Vão pra lá, venham pra cá, naveguem pois:

Notícias do Maior de Minas - Site Oficial

Globo Esporte

Você no mapa:


Visitor Map