sexta-feira, 2 de maio de 2014

Cruzeiro vence e passa às quartas de final da Libertadores: 2x0

Cerro Porteño 0 x 2 Cruzeiro - Estádio General Pablo Rojas - Fase de grupos - Libertadores 2014 
Dedé, cabeceio perfeito e classificação garantida para o Cruzeiro.
Vitória difícil
O Cerro valorizou nossa conquista. Foi um jogo complicado, difícil e no qual a "sorte de campeão" esteve do nosso lado, como bem disse o Arqueiro Celeste Raul. Jogamos mal no 1º tempo, bem mal mesmo mas, o Cerro também não atuou com tanta vontade de vencer o jogo também, parecia querer segurar o empate e se desse numa bobeada Azul faria seu gol. Apesar disso Fábio fez uma belíssima defesa e tivemos uma bola na trave. Mas seguramos o ímpeto dos paraguaios no 1º tempo e isto foi determinante para a classificação.

O jogo
No 1º tempo errávamos muitos passes. O time não estava bem tentando equilibrar a defesa com o ataque. A ação do meio-campo praticamente inexistiu. Perdíamos todas e não conseguíamos fazer a ligação com o ataque. Na frente Julio Batista lutava muito, mas não é o jogo dele tentar disputar bola fora da área. Ele não ganhava uma. Everton Ribeiro errava quase tudo que tentava. Na defesa o time se virava como podia e nossos dois defensores mais o lateral Samudio foram amarelados.

Veio então o 2º tempo
O Cruzeiro voltou melhor. Voltou mais determinado e Marcelo Oliveira deu uma corrigida no posicionamento dos atletas e isto surtiu efeito. Jogávamos com mais determinação, com mais vontade e com maior eficiência. Aos 33 o lance que poderia determinar nosso PRIMEIRO naufrágio contra times paraguaios. Bruno Rodrigo cometeu falta levou o 2º amarelo e foi EXPULSO. O caldo tinha tudo para entornar, mas 2 minutos depois Everton Ribeiro cobra uma falta e DEDÉ num cabeceio PERFEITO marca nosso 1º gol. Grande comemoração do elenco para aliviar o sufoco. Daí pra frente os paraguaios, como os latinos em geral (menos os brasileiros) sempre frios, se enervaram e não conseguiram fazer mais nada no jogo. Aos 40 o juiz expulsou Corujo por falta sem bola em Dagoberto e aos 48 Dagoberto fecha a tampa do caixão portenho.




FICHA TÉCNICA
CERRO PORTEÑO-PAR 0 X 2 CRUZEIRO
Local: Estádio General Pablo Rojas, em Assunção (PAR)
Data: 30 de abril de 2014, quarta-feira
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Dario Ubriaco (Uruguai)
Assistentes: Mauricio Espinosa e Carlos Changala (ambos do Uruguai)
Cartões amarelos: (Cruzeiro) Bruno Rodrigo, Dedé e Samudio
Cartões vermelhos: (Cruzeiro) Bruno Rodrigo; (Cerro Porteño) Corujo e Daniel Güiza
GOLS:
CRUZEIRO: Dedé, aos 35 e Dagoberto, aos 48 minutos do segundo tempo
CERRO PORTEÑO-PAR: Fernández; Bonet, Cardozo, Ortiz e Alonso ( Rodolfo Gamarra); Corujo, Júlio dos Santos, Oviedo e Oscar Romero; Ángel Romero (Godoy) e Daniel Güiza (Beltran)
Técnico: Francisco Arce
CRUZEIRO: Fábio; Ceará, Dedé, Bruno Rodrigo e Samudio; Henrique, Lucas Silva, Everton Ribeiro e Ricardo Goulart; Willian (Dagoberto) e Júlio Baptista (Borges) (Léo)
Técnico: Marcelo Oliveira

Um comentário:

Esteban Crustille disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Vão pra lá, venham pra cá, naveguem pois:

Notícias do Maior de Minas - Site Oficial

Globo Esporte

Você no mapa:


Visitor Map