segunda-feira, 9 de março de 2015

Mesmo tendo má sorte Fábio salva o Cruzeiro: 1x1

Cruzeiro 1 x 1 Atl.-MG - Mineirão - Toca III - 6ª rodada Campeonato Mineiro 2015 
O gol do Artilheiro do Campeonato nos garantiu a liderança.
Má sorte
Fábio foi sem dúvidas o nome do jogo. Nada de falar que a tarde foi dos goleiros, não existiu isso ontem no Mineirão. Só um goleiro justificou sua fama de milagreiro! Não adianta a mídia-frangosa querer igualar o desempenho dos homens de luva. O goleiro do time ROSA fez uma defesa com um grau de maior dificuldade mas esta, não passou nem perto da dificuldade na defesa dupla que Fábio fez. Fábio sim, merecidamente foi o nome do jogo, deu muito azar no lance da bola que sobrou na pequena área e um galináceo ofereceu (como de costume) as costas e a bola bateu nele, sobrando para um outro, livre de marcação. Neste lance a culpa não foi só de Fábio, porque ninguém marcava o outro galináceo que teve tranquilidade para achar um cantinho e fazer o gol. Mas a defesa dupla com um grau enorme de dificuldade nos garantiu o empate. Valeu Fábio.

Jogo ruim
O time de Vespasiano entrou em campo como um time pequeno que é. Respeitando o Cruzeiro jogou os 90 minutos totalmente recuado, numa retranca digna de um timezinho do interior. Dava uma ou outra espetada no ataque mas, concentrou todos os seus esforços em se defender. O Cruzeiro ainda carente de um bom armador, ainda sem as jogadas de linha de fundo dos seus laterais (sobretudo do lado de Mena) não foi muito efetivo e só o talento de Damião foi suficiente para igualar o placar e nos garantir a liderança no Campeonato. Isso é o que mais importa. A mídia-frangosa só ficou repercutindo a ivencibilidade das frangas mas isso não importa tanto se no meio disso fomos campeões em 2014 em cima delas. Elas e a mídia sempre tentam desviar a atenção da bocozada galinácea, e como sempre, eles vão surfando nesta onda.

Sem chances
O jogo foi mesmo ruim de se ver. Era o Cruzeiro o tempo todo no campo do adversário tentando furar um bloqueio de 11 "homens". O time de Vespasiano ficava o tempo todo enfurnado em seus domínios, sempre atrás da linha da bola. Medo ou prudência, o fato é que não tivemos um futebol vistoso. O Cruzeiro carente ainda de mais entrosamento e com um Arrascaeta titubeante não mereceu ganhar, mas se tivesse de haver um vencedor sem dúvidas seria o único time que demonstrava pelo menos que queria jogar. O Cruzeiro teve muito mais chances reais de gol no jogo, infelizmente não foram convertidas mas o que vale é que o resultado nos garante na liderança.

FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO 1 x 1 ATLÉTICO-MG
Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte-MG
Data: 08 de março de 2015, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira (CBF/FMF)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (FIFA/MG) e Márcio Eustáquio Santiago (CBF Especial 1)
Renda: R$ 1.368.285,00
Público: 34.412 pagantes (35.390 público total)
Cartões amarelos: Leandro Damião, Mena e Léo (Cruzeiro); Leandro Donizete (Atlético-MG)
GOLS:
CRUZEIRO: Leandro Damião, aos 37 do segundo tempo
ATLÉTICO-MG: Rafael Carioca, aos 26 do segundo tempo
CRUZEIRO: Fábio; Mayke, Léo, Paulo André e Mena; Willians (Joel), Henrique, Marquinhos e De Arrascaeta(Alisson); Willian(Judivan) e Leandro Damião
Técnico: Marcelo Oliveira
ATLÉTICO-MG : Victor; Patric, Jemerson, Edcarlos e Douglas Santos; Rafael Carioca, Leandro Donizete, Cesinha(Danilo Pires) e Dodô(Maicosuel); Luan e Carlos
Técnico: Levir Culpi

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Vão pra lá, venham pra cá, naveguem pois:

Notícias do Maior de Minas - Site Oficial

Globo Esporte

Você no mapa:


Visitor Map