sexta-feira, 22 de maio de 2015

Cruzeiro vence o River em jogo movimentado: 1x0

River Plate 0 x 1 Cruzeiro - Monumental de Nuñes - Quartas de final - 1º jogo - Libertadores 2015 
Marquinhos pegou rebote do chute de Gabriel Xavier e marcou o gol da noite.
Bom jogo
Não foi um primor de partida do Cruzeiro, mas foi sem dúvidas um bom jogo. Vimos mais superação, mas vontade e empenho que propriamente qualidade, mas foi o suficiente para trazermos uma vitória importantíssima para o prosseguimento do time Celeste na competição. Realmente o jogo foi muito disputado e com muita movimentação durante os 90 minutos. O Cruzeiro se impôs logo no início do jogo, mostrou que tinha vindo a Buenos Aires buscar um bom resultado e acabou fazendo por merecer a vitória incontestável.

Desempenhos
O River surpreendeu negativamente, mostrou-se um time muito fraco que tem como qualidade duas coisas, analisando rapidamente apenas por esta partida. Uma é a aplicação tática muito boa. Ocupa bem os espaços do campo. Outra que em parte é resultado da 1ª, tem uma ótima e eficiente marcação. De resto seus jogadores não mostraram qualidades técnicas individuais e os atacantes finalizam muito mal. De certa forma o Cruzeiro foi beneficiado por isso, temos mais qualidades técnicas tanto no conjunto como no aspecto individual. Ontem jogamos bem, mas alguns atletas ficaram abaixo da crítica. Arrascaeta não entrou em campo. Mayke não foi bem nem ofensiva nem defensivamente, é um rascunho do que foi em 2013. Henrique quase comprometeu com sua lentidão e toquinhos para trás. Willians lutou muito mas ultimamente não tem conseguido mostrar suas qualidades de passe e desarme. Marcelo foi bem na armação e nas substituições. Quando todos poderiam pensar que a entrada de Charles colocaria o time na retranca o que se viu foi o contrário. Houve uma maior proteção à zaga e por outro lado Henrique pôde jogar mais adiantado apoiando mais o ataque. Marquinhos foi premiado com a autoria do gol após uma boa partida que jogou.

Facilitou
A vitória com certeza facilita a vida do Cruzeiro na busca da classificação paras as semifinais. Agora precisamos apenas de um empate no Mineirão para nos garantirmos. Se o Cruzeiro jogar como jogou na Argentina, ou melhor ainda, como jogou a 2ª partida, onde eliminou o SPFW podemos ficar tranquilos que a classificação virá. O River jogou na Argentina como um time comum, não deve repetir a fórmula em BH, deverá vir mordido e será talvez, o mais argentino dos times, catimbando e tentando causar alguma confusão em campo que possa prejudicar o Cruzeiro, temos de esperar que a Diretoria técnica esteja atenta a isso e abra os olhos dos atletas.

Destaque
Com esta vitória importante o Cruzeiro se isola como o TIME BRASILEIRO que mais venceu na Libertadores.

FICHA TÉCNICA
RIVER PLATE-ARG 0 x 1 CRUZEIRO
Local: Estádio Monumental de Nuñez, em Buenos Aires (ARG)
Data: 21 de maio de 2015, quinta-feira
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Enrique Osses (CHI)
Assistentes: Carlos Astroza e Marelo Barraza (ambos do Chile)
Cartões amarelos: Ponzio e Kranevitter (River Plate-ARG); Willians, Mena e Gabriel Xavier (Cruzeiro)
GOL
CRUZEIRO: Marquinhos, aos 36 minutos do segundo tempo
RIVER PLATE: Barovero; Mammana, Maidana, Funes Mori e Vangioni; Ponzio (Pisculichi), Kranevitter e Carlos Sánchez; Pity Martínez (Mayada); Rodrigo Mora (Cavenaghi) e Teo Gutiérrez
Técnico: Marcelo Gallardo
CRUZEIRO: Fábio; Mayke, Manoel, Bruno Rodrigo e Mena; Willians e Henrique; Marquinhos, De Arrascaeta (Gabriel Xavier) e Willian (Charles); Leandro Damião (Henrique Dourado)
Técnico: Marcelo Oliveira

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Vão pra lá, venham pra cá, naveguem pois:

Notícias do Maior de Minas - Site Oficial

Globo Esporte

Você no mapa:


Visitor Map