domingo, 17 de abril de 2016

Cruzeiro perde invencibilidade e se complica: 0x2

América 2 x 0 Cruzeiro - Estadio do América - Independência - 1º jogo semifinal - Camp. Mineiro 2016 

Complicou
Não só perdeu a invencibilidade como se complicou seriamente para se classificar para a final do Mineiro 2016. Jogamos um futebol displicente e descompromissado. Começou até bem, marcando muito, sob pressão, mas não durou muito tempo. O América é um time limitadíssimo e se deu bem com uma postura séria e consciente das suas limitações. Jogou um futebol simples mas focado em fazer um bom resultado. Deu sorte no 1º gol em que nossa defesa falhou, (Fábio até poderia ter pego a bola do gol, mesmo na cara como foi, mas depois ele fez outras defesas que o redimiram, ou seja, foi o menos culpado pelo resultado)  e começou a fazer o jogo com a regra debaixo do braço. No 2º tempo com a queda do Cruzeiro jogou no contra ataque e conseguiu ampliar o placar e dar um passo enorme rumo a classificação.

O que deu errado
Jogamos mal. No 1º tempo, defensivamente fomos muito bem. O Fábio mal mal viu a cor da bola, foram pouquíssimas as vezes que o adversário chegou a sua área. Dava para reverter com facilidade no 2º tempo o placar de 1x0, dava, mas deveria haver mais eficiência ofensiva e manutenção da eficiência defensiva. Aí vieram as substituições que, talvez, mas feitas, não surtiram um resultado bom e pioraram o time. Arrascaeta estava bem, foi substituído por Pisano que ainda desentrosado não poderia ser mais efetivo. A substituição de Rafael Silva que embora tivesse lutado mais não fez tanta diferença. Allano é menos qualificado mas busca mais as jogadas, em tese talvez fosse uma boa substituição já que a bola no 2º chegava muito pouco para Rafael. A substituição de Elber foi acertada, mas ele foi muito marcado e quase nada produziu.

Ta difícil
Com a derrota por 2 gols o Cruzeiro agora precisa também vencer por pelo 2x0 ou por dois gols de diferença e assim se garantir na final. Não é tarefa complicada pelo que vimos no campeonato dos dois times, mas, reverter placares de mais de um gol sempre será um desafio já que levar um gol sempre desestabiliza os atletas. Deivid já disse que o Cruzeiro precisará de jogar uma "partida perfeita" ele não esta longe da verdade. A perfeição que ele prega é que salvará seu pescoço. Ele esta na tábua da beirada, se não classificar o Cruzeiro com certeza vai encerrar seu ciclo no Maior de Minas.

FICHA TÉCNICA
AMÉRICA-MG 2 X 0 CRUZEIRO
Local: estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: 16 de abril de 2016 (sábado)
Horário: 16h20 (de Brasília)
Árbitro: Igor Junio Benevenuto
Assistentes: Marcus Vinícius Gomes e Magno Arantes Lira
Cartões Amarelos: Tiago Luis, Sueliton, Claudinei (América-MG); Lucas Romero, Ariel Cabral (Cruzeiro)
Cartões Vermelhos:
GOLS: Adalberto aos 42 minutos do primeiro tempo, Victor Rangel aos 30 minutos do segundo tempo (América-MG); 
América-MG: João Ricardo; Pablo, Adalberto e Sueliton; Bryan, Leandro Guerreiro, Claudinei, Tony, Tiago Luis (Ernandes); Rafael Bastos (Danilo) e Victor Rangel (Borges)
Técnico: Givanildo Oliveira
Cruzeiro: Fábio; Mayke, Léo, Bruno Rodrigo e Sánchez Miño; Henrique, Lucas Romero, Ariel Cabral (Élber), De Arrascaeta (Pisano) e Alisson; Rafael Silva (Allano)
Técnico: Deivid

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Vão pra lá, venham pra cá, naveguem pois:

Notícias do Maior de Minas - Site Oficial

Globo Esporte

Você no mapa:


Visitor Map