sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Enfim uma vitória graúda: 4x2

Cruzeiro 4 x 2 Inter - Est. do América (Independência) - 18ª rodada - Brasileirão 2016 

Só deu Sóbis.

Ábila também deu sua contribuição.

Tudo parecia caminhar para o caos
Mas tudo foi diferente na noite de ontem no estádio do América. Começamos perdendo o jogo logo aos 2 minutos. Parecia que o cenário das últimas partidas iria se repetir. Mas não. Tanto fora das quatro linhas, nas arquibancadas para ser mais preciso, quanto dentro das quatro linhas a noite foi de alegria e alívio. Mesmo perdendo logo no início do jogo o Cruzeiro não se entregou, não esmoreceu. Foi á luta, buscou o empate, conquistou a vitória, sofreu pressão mas venceu a partida importante contra o Inter. 

Só bis, Só bis e Sóbis
Só bis não bastou, Sóbis quis mais e acabou fazendo sim mais um gol, o seu terceiro e se tornando o herói, o destaque e o jogador chave do time na vitória sobre o Inter, seu ex-clube. Sóbis só não fez chover (fez sim, chover gols), armou, marcou, recompôs e fez seu primeiro gol com a camisa do Cruzeiro. Os torcedores colorados devem estar com a cabeça inchada afinal Sóbis foi ídolo por lá e começa, quem sabe, a construir sua nova imagem de ídolo por aqui. 

O jogo e o time
O Cruzeiro foi bem. Cometeu ainda alguns erros como a displicência de marcação no 1º gol do Inter e a bobeada no pênalti que Fábio acabou por cometer já que a defesa não conseguiu neutralizar a jogada mas a noite de vitória mostrou que o time tem potencial de sobra para sair do Z4 e ficar pelo menos no meio da tabela já que perdeu muitos pontos até aqui. Dá pra sentir que tem muita gente pior que o Cruzeiro, o próprio Inter que não demonstrou um bom futebol. O Cruzeiro ainda carece de um sistema ofensivo mais eficiente, o meio ainda é inconsistente e a defesa vacilante, mas aos poucos com a entrada de um ou outro o time pode se arrumar. Com o retorno de Manoel na defesa, Léo tendo mais chances, talvez também com a volta de Mayke e Edmar teremos um sistema defensivo mais confiável. Henrique voltando e recuperando sua melhor forma técnica com Ariel também se reencontrando o meio fica mais consistente e no ataque vamos torcer para que a dupla AS engrene de vez (Ábila e Sóbis) já que Robinho e Arrascaeta tem se mostrado fundamentais no time. Avante Cruzeiro, bora encarar a gambazada.


FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO 4 X 2 INTERNACIONAL

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data:
quinta-feira, 4 de agosto de 2016
Horário: 21h (de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus (FIFA-SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis e Rogerio Pablos Zanardo (ambos de SP)
Cartões amarelos: Fábio (Cruzeiro); Alex (Inter)
Gols: CRUZEIRO: Sóbis aos 13 e 40 do primeiro tempo e aos 7 do segundo, e Ábila, aos 16 minutos do primeiro tempo  INTERNACIONAL: Seijas, aos 2 minutos do primeiro tempo, e Alex, de pênalti, aos 28 minutos do segundo tempo
CRUZEIRO: Fábio; Lucas, Manoel, Bruno Rodrigo e Edimar; Ariel Cabral, Bruno Ramires, Robinho (Rafinha) e Arrascaeta; Ramón Ábila (Marcus Vinícius), Rafael Sobis (Douglas Coutinho)
Técnico: Mano Menezes
INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Paulo Cezar, Alan Costa, Ernando e Artur; Fernando Bob, Seijas (Ariel), Fabinho e Valdívia; Marquinhos (Anderson) e Nico López
Técnico: Paulo Roberto Falcão

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Vão pra lá, venham pra cá, naveguem pois:

Notícias do Maior de Minas - Site Oficial

Globo Esporte

Você no mapa:


Visitor Map