segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Cruzeiro vence na Bahia e dá tranquilidade a torcida: 1x0

Vitória 0 x 1 Cruzeiro - Barradão - 32ª rodada - Brasileirão 2016  
Mais um penal defendido e Rafael vai conquistando a confiança do Torcedor Celeste.

Em mais uma assistência de Arrascaeta, Ariel marcou o único gol da partida.

Luta
Não foi uma vitória tranquila. Não foi uma partida fácil, mas, a torcida Celeste com certeza assimilou o triunfo Celeste contra o Vitória, em Salvador, como uma goleada. O jogo era importantíssimo para nos dar tranquilidade, precisávamos da vitória que desperdiçamos no último jogo em casa. Não podíamos perder ou até empatar para galgar uma posição melhor na tabela, e como agravante o jogo era contra um rival direto da nossa caminhada contra a permanência na Zona do Desconforto. Felizmente, mesmo com um time mesclado de reservas e coma a magnífica participação do nosso goleirão, conseguimos os importantíssimos 3 pontos.

O jogo
O Cruzeiro entrou bem no jogo. Dominou o 1º tempo e impôs o ritmo. Aos 39 Ariel Cabral aproveitou de cabeça um cruzamento de Arrascaeta e mandou para as redes. No 2º tempo, logo no começo tivemos a expulsão de Léo e consequentemente o Cruzeiro teve de ficar mais retrancado. O Vitória não soube aproveitar a vantagem numérica e mesmo pressionando não teve qualidade para marcar o gol. Rafael fez algumas boas defesas mas se destacou quando defendeu um pênalti aos 38 do 2º tempo o que incendiaria o jogo e a situação ficaria quase que insustentável para o Time Azul. Pronto, merecíamos a vitória que acabou se confirmando. Pelas mãos de Rafael, então, chegou mais uma vitória, importantíssima que nos deixa bem próximos da permanência na Série A.

Mano
Tudo indica que Mano Menezes pode mesmo entrar para a história do Cruzeiro. Se não lograr êxito na Copa do Brasil já terá tido grande importância pelo que fez nesta temporada. Se o Cruzeiro se livrar do rebaixamento mais uma vez teremos de agradecer ao Mano esta manutenção na série A. Ele já conseguiu isso no passado recente e será a 2ª vez portanto. Tomara que se isso ocorrer que ele permaneça no Cruzeiro durante a próxima temporada para podermos conseguir voltar a disputar tudo o que jogamos, como no passado também recente.  Ontem o técnico ousou poupando titulares num jogo importantíssimo pelo Brasileirão, mas, ele sabe que teremos outra batalha na 4ª feira contra o Grêmio no 1º confronto das semi-finais da Copa do Brasil. Ousou e conseguiu atingir o resultado almejado. Mostrou que não é medroso, que sabe o que faz. 


FICHA TÉCNICA:
VITÓRIA 0 X 1 CRUZEIRO
Local: Estádio Barradão, Salvador (BA)
Data: 23 de outubro de 2016, domingo
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Thiago Duarte Peixoto (SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Herman Brumel Vani (SP)
Cartões Amarelos: Léo, Manoel, Robinho (Cruzeiro); Zé Love, José Welison (Vitória)
Cartão Vermelho: Léo (Cruzeiro)
Gols: Ariel Cabral, aos 39 minutos do primeiro tempo (Cruzeiro)
VITÓRIA: Fernando Miguel; Diogo Mateus (Vander), Ramon, Victor Ramos e Euller; Willian Farias, José Welison, Serginho (Cárdenas), David (Alípio), Zé Love e Kieza.
Técnico: Argel Fucks
CRUZEIRO: Rafael; Ezequiel, Manoel e Léo; Bryan (Edimar), Denilson, Ariel Cabral, Bruno Ramires (Robinho), Arrascaeta (Bruno Rodrigo) e Alisson; Willian.
Técnico: Mano Menezes




Nosso time de vôlei: Um orgulho para a Nação Celeste.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Vão pra lá, venham pra cá, naveguem pois:

Notícias do Maior de Minas - Site Oficial

Globo Esporte

Você no mapa:


Visitor Map