domingo, 7 de maio de 2017

Cruzeiro não joga bem e é derrotado: 2x1

Atl.Mineiro (MG) 2 x 1 Cruzeiro - Est. do América - Final - Jogo de volta - Camp. Mineiro 2017

Mais do mesmo
Todos sabemos que jogos assim, de finais ou jogos muito disputados, muitas das vezes são ganhos nos detalhes. No último jogo o técnico franga antecipou o que iria acontecer pelo menos o que ele queria que acontecesse e que ao final acabou ocorrendo. Ele disse que as meninas de Vespasiano jogariam com o regulamento ou, "nem me lembro ao certo", pelo regulamento. Nem posso ver tanta diferença nestas duas expressões. O fato é que elas colocaram o regulamento embaixo da asa e jogaram o tempo todo pensando no mesmo. Se saíram bem, muito bem, mantendo sua vantagem.
Hoje foi a vez do nosso treinador antecipar o que ele QUERIA que ocorresse mas, que não ocorreu, conforme vimos. Ele mencionou que o Cruzeiro iria atacar mas não afoitamente, teria calma e com o decorrer do jogo tentaria fazer o gol que necessitava para vencer a partida e conseguir ser campeão. 

Mano
Pois é, não se trata de crucificar o técnico mas, um time que estava em desvantagem não poderia entrar em campo pensando em cadenciar o jogo. No 1º jogo o Cruzeiro fez de tudo e não conseguiu achar o caminho das redes. Ficamos os 90 minutos quase todos no campo do time Rosa e tudo que tentamos deu errado. O jogo ficou no empate e as moças de Lourdes mantiveram sua vantagem para o jogo de hoje. A estratégia de Mano mostrou-se ineficiente e isso parecia claro. Tínhamos sim de tentar logo fazer um gol no jogo de hoje, para jogar a pressão para o time de Vespasiano. Ao contrário foram elas que fizeram um gol logo aos 12 minutos do 1º tempo. Outra pérola de Mano foi uma declaração antes de ir pro jogo dizendo que o Cruzeiro não tinha obrigação de tentar surpreender o rival. Pode até ser, mas venhamos e convenhamos o Cruzeiro não tem mesmo como surpreender ninguém. Tem jogado um futebol totalmente previsível. Quando enfrenta um time que se fecha não consegue fazer absolutamente nada a não ser ter mais posse de bola. Mas contudo se Mano disse que não temos obrigação de surpreender o rival, PARA QUE E POR QUÊ FEZ TREINOS FECHADOS?

Perdemos
Não é fácil perder um campeonato que todos sabemos não era difícil vencer. Difícil é a Copa do Brasil, o Brasileirão e outros. O Mineiro gente é muito fácil. Só tem dois jogos realmente mais empolgantes, os dois jogos da final. A moçaiada de Lourdes é que não se iluda, seu time é fraco, muito fraco, só perdemos porque pelo que parece nossa Comissão técnica e Diretoria AINDA NÃO ENXERGOU que temos muita deficiência no setor ofensivo. Arrascaeta, Sóbis, Ábila e Thiago Neves não produzem um terço do que deveriam. Quando enfrentamos times um pouco mais qualificados cadê o futebol destes caras? Arrascaeta fez o quê hoje? E Thiago Neves? Errou chutes infantilmente? E Sóbis? Perdeu a bola do 2º gol das frangas e ficou lá esperando que o juiz marcasse faltas. Será que ele não percebeu que o juiz MARCAVA TUDO para o time da Federação Mineira e quase nada para o Cruzeiro? E Ábila? Fez um golaço mas não podemos deixar de considerar que ele não é tudo que precisamos. Um reserva, mas nunca titular. Ele até se esforça mas carece muito de qualidade técnica.

Impressiona
A força que a equipe da TV GLOBO GOLPISTA faz para enaltecer o time rosa. Enaltecer técnico, presidente e jogadores. Incrível o esforço que fazem para dizer que a unha de Rafael tocou na bola assim que a juizada que quer agradar a FMFrangas marca um escanteio quando teria de ser tiro de meta. Incrível a luta com as imagens para dizer que o Rafinha mesmo levando uma cotovelada fez uma falta ao cair por cima do jogador franga. Desanima gente, assistir uma boçal com microfone falando baboseiras para agradar a frangaiada. O cara era péssimo árbitro e agora não passa de um medíocre comentarista. Aliás não, façamos justiça, não é um boçal não. são pelo menos 3. 


FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG X CRUZEIRO
Local: Estádio Independência, Belo Horizonte (MG)
Data: 07 de maio de 2017, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Igor Júnio Benevenuto
Assistentes: Pedro Araújo Dias Cotta e Ricardo Júnior de Souza
Gols: Robinho, aos 13 minutos do primeiro tempo, Elias, aos 24 minutos do segundo tempo (Atlético); Ramon Ábila, aos 7 do segundo tempo
Cartões amarelos: Hudson, Rafinha (2), Raniel (Cruzeiro); Elias, Carioca, Adilson (2) (Atlético)
Cartão vermelho: Rafinha (Cruzeiro); Adilson (Atlético).
ATLÉTICO-MG – Victor, Marcos Rocha, Leo Silva, Gabriel, Fábio Santos, Rafael Carioca, Elias (Danilo), Adilson, Robinho (Cazares), Otero (Maicosuel), e Fred.
Técnico: Roger Machado.
CRUZEIRO – Rafael, Mayke, Léo, Caicedo, Diogo Barbosa, Henrique, Hudson (Ramon Ábila), Thiago Neves, Rafinha, Arrascaeta (Raniel) e Rafael Sóbis (Alisson).
Técnico: Mano Menezes.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Vão pra lá, venham pra cá, naveguem pois:

Notícias do Maior de Minas - Site Oficial

Globo Esporte

Você no mapa:


Visitor Map